Após queda na Libertadores, Palmeiras busca vitória contra o Vasco

Depois de uma semana complicada para o Palmeiras, que foi eliminado na Taça Libertadores da América, pelo Barcelona de Guayaquil (ECU), mesmo vencendo o duelo por 1 a 0, o Alviverde foi eliminado nas cobranças alternadas de pênaltis. Além disso, o time sofre várias alterações para a partida de amanhã contra o Vasco da Gama, que vai ser disputada em Volta Redonda, às 16hrs, marcando o início do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Outro empecilho que ronda o CT do Palmeiras são as lesões que o jogo de quarta trouxe, são cinco baixas no time, sendo que três aconteceram no jogo contra o Barcelona (ECU). O Zagueiro Yerry Mina, sofreu lesão no pé esquerdo e vai passar por cirurgia, podendo ficar até três meses sem jogar, Dudu que é o capitão do time, teve uma lesão muscular constatada na coxa esquerda e irá ficar por até quatro semanas afastado, mesmo período que o goleiro Jaílson ficará fora, devido a uma lesão que foi diagnosticada em seu quadril.

Foto: César Greco

O meio-campo Moisés, que retornou após cinco meses fora, atuou nas duas ultimas partidas do Verdão e será preservado para o jogo de amanhã, ele levou uma pancada no joelho esquerdo, o mesmo que foi operado no começo desse ano. O lateral Mayke e o zagueiro Juninho se recuperam de uma entrose no tornozelo e Willian está na transição física, após uma lesão muscular.

Na quinta-feira, outro problema passou pelo Palmeiras, a notificação extrajudicial dos advogados de Felipe Melo, que alegam assédio moral do clube contra o jogador. Dessa forma, a diretoria passou a pensar em uma rescisão amigável, já que foi negada a reintegração ao elenco.

Agora o torcedor palmeirense espera um ótimo segundo turno de Campeonato Brasileiro, terminando entre os quatro primeiros o torneio, podendo disputar a Libertadores 2018 direto na fase de grupo e evitando a Pré-Libertadores.

Informações do Jogo:

Local e horário: estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), domingo, 16h (de Brasília)

Provável escalação: Fernando Prass, Jean, Edu Dracena, Luan e Egídio; Thiago Santos, Bruno Henrique e Guerra; Róger Guedes, Keno e Deyverson

 

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.