Com 2 títulos na casa, Egídio completa 100 jogos pelo Palmeiras

Querido entre os companheiros e contestado pela maioria da torcida, Egídio chega ao centésimo jogo com a camisa alviverde, dentre vários altos e baixos. O bom momento de Egídio mas o fim do contrato se aproximando e a ausência de conversas sobre renovação movimentam a partida de número 100 do camisa 6, curiosamente contra seu ex-clube, onde também fez mais de 100 participações.

Contratado em 2015, Egídio alternava entre bons e maus jogos, assim como toda a sua passagem. Em 2017, foi duramente criticado pelo pênalti perdido diante do Barcelona-EQU e de um contra-ataque desperdiçado justamente contra o ex-clube, adversário em seu centésimo jogo, pela Copa do Brasil, que poderia ter dado a classificação ao time alviverde. Porém, vale ressaltar a importância do lateral nos títulos da Copa do Brasil, em 2015 e no título brasileiro, em 2016.

Com apenas 3 gols em 99 jogos, o camisa 6 deu maior contribuição com passes para gols. Sua melhor partida (de acordo com o próprio jogador) foi em 2015, contra o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. O Verdão saiu vitorioso por 4 a 0, com direito à 3 assistências dele, sendo a última do campo de defesa para o argentino Cristaldo, na ocasião, fechar o marcador. Entre amor e ódio de muitos para com ele, o sentimento é de total agradecimento e o atleta, mesmo sem saber se continua no clube, ainda sonha com mais um título.

Egídio ainda sonha com mais um título pelo Palmeiras. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.