Mercado do Futebol

Ano novo e novas esperanças no Timbu

A temporada de 2017 encerrou-se para os clubes pernambucanos. Mas, 2018 vem a galope e para o Clube Náutico Capibaribe começa mais cedo. Dia 09 de janeiro temos Ho primeiro jogo da fase pré do Nordestão. Itabaiana/SE x Náutico se enfrentam no Mendonção ,como é conhecido. Ano novo e novas esperanças no Timbu.

E 2018 começa com tudo novo, começando pela presidência. Edno Melo terá pela frente um grande desafio, tirar o Timbu da série C. Além, lógico, de um jejum de quase 14 anos sem títulos. Ele e o vice Diógenes Braga terão uma missão complicada, pois sem as cotas de TV , o orçamento cai muito para 2018. Por isso, acredita-se num ano de reestruturação e pés no chão. A comissão técnica teve suas modificações e inclusive o clube anunciou um novo analista de desempenho(Anderson Borges) e novo preparador de goleiros( Júnior Matos).

Justamente devido ao arrocho do orçamento, a folha deve cair pela metade. Com isso, o Náutico optou por não renovar com boa parte do elenco de 2017. Ficaram apenas os garotos que subiram da base, o lateral esquerdo Henrique Ávila, o volante Jobson e o atacante Iago (ambos com contrato até o fim do Pernambucano). Além desses, os atacantes Gilmar e Rafael Oliveira que se recuperam de lesão grave,provavelmente devem permanecer.

A diretoria apresentou 6 reforços nesse começo de dezembro. Vamos fazer um breve resumo: o primeiro trata-se do atacante Thiago Cunha, conhecido da torcida pernambucana, por sua passagem no Santa Cruz. O atacante estava desde 2012 fora do país e seu último clube foi Chonburi da Tailândia. O segundo reforço anunciado foi o meia Wallace Pernambucano, natural da cidade de Escada e que depois de muito tempo volta à seu Estado de origem. Wallace jogou em 2011 pela Cabense, rodou em vários clubes e recentemente fez parte do grupo do Ceará que conseguiu o acesso à série A do Brasileiro.

Logo em seguida o Timbu anunciou dois jogadores: o meia Júnior Timbó, foi destaque no Campeonato Paulista A2 pelo Juventus-SP. Júnior foi atleta de Roberto Fernandes no América-RN. Uma grande incógnita, até por ser de uma posição muito criticada pela torcida em 2017, é o lateral esquerdo Gabriel Araújo, o atleta disputou o Gauchão e a série C pelo Ypiranga-RS, da cidade de Erechim. Mais uma dupla foi anunciada posteriormente e um é bem conhecido da torcida pernambucana e do próprio Náutico é o volante Negretti, voltando de sua passagem pelo Campinense-PB. Além de Negretti, o também volante Hygor, vindo do Bangu-RJ foi anunciado. O atleta se destacou mesmo no Campeonato Mineiro pela Caldense. Já no Bangu não teve muitas oportunidades porque o clube foi eliminado ainda na primeira fase da série D.

A torcida espera que o elenco venha vencedor e não deixe o sofrimento se prolongar por mais um ano. Edno e Diógenes têm a missão de serem diferentes e não o velho ” mais do mesmo”. As esperanças da torcida estão na mudança. O começo é promissor, com contratações sendo divulgadas apenas com contrato assinado e muita transparência nas entrevistas. Que continue assim e a torcida alvirrubra tenha, realmente, um ano novo diferente e feliz em 2018.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.