Entrevista com Petrus Borges ADM do perfil Náutico Mil Grau

Quando o time ganha, quando o time perde e até quando o time não joga, os alvirrubros já sabem que ‘a zoeira não pode parar’.

Das quatro linhas para a internet, a página “Náutico Mil Grau” surgiu da inspiração de Guido Ferrario. (ex-administrador da página, hoje apenas cuida do twitter) em outras páginas de humor já existentes. Na época (17 de maio de 2013) apenas o Corinthians Mil Grau existia, então três amigos criaram a página, que apesar de ser novidade, era bem vista pelos torcedores. “Posso dizer que o Corinthians Mil Grau foi um dos responsáveis. “Começamos com três administradores: eu (Pet), Guido (Power) e Eduardo (Zika). Esse último sumiu do mapa (risos)”, contou Petrus Borges, administrador da Náutico Mil Grau.

O Mercado do Futebol realizou uma entrevista exclusiva com Petrus Borges e ele contou algumas curiosidades e histórias pessoais e da página que inicialmente se chamava N4UT1C0 M1L GR4U, mas, para facilitar na busca, se tornou a conhecida Náutico Mil Grau.

LEIA MAIS: “Eles estão deixando a gente sonhar”, já dizia Ronaldinho Gaúcho

MF: Qual foi melhor momento para vocês na página? Qual a ‘zoeira’ que ficou marcada? Tem alguma história engraçada envolvendo o perfil?

PB: O melhor momento foi quando criamos o Instagram da página e os jogadores começaram a interagir. Vários deles começaram a seguir o perfil e comentar. Não imaginávamos essa proporção toda. Eu e Jimmy (Lord) não tínhamos conhecimento de tamanho sucesso, foi aí que caiu a ficha. Hoje tem médico, preparador físico, diretores, jogadores, jornalistas, músicos, e até mesmo rivais que curtem a página. E continuamos crescendo…

MF: Qual rival é o alvo preferido para as postagens? Santa Cruz ou Sport?

PB: Sinceramente, gosto dos dois. É sempre um prazer poder zoar ambos. As visualizações só aumentam (risos).

Sem 3
Imagem dando enfase ao “Clássico do Ano” vencido pelo Náutico no Arruda.

MF: Qual a relação de vocês com os jogadores? Os novos no elenco aceitam logo os apelidos ou tem dificuldade em estabelecer esse relacionamento com os administradores e com a página?

PB: A relação é normal, claro, cada um no seu lugar e respeitando sempre. O Gastón Filgueira já declarou no Globo Esporte que nos acompanha, tem o Josimar (atualmente no Al Fateh, da Arábia Saudita) que virou um grande amigo, tem também o Marinho, que está no Cruzeiro, O Pedro Carmona era fã, Bérgson tá sempre curtindo a zoeira, já tivemos a oportunidade de conhecer Júlio César (goleiro e capitão do time), ele também curte muito. Acho que, do ano passado até esse, todos, sem medo de errar, nos conhecem. Uns menos, outros mais. Agora o Hiltinho não curte muito a zoeira, tanto que nos bloqueou (risos).

4

MF: Como foi a decisão de revelar a identidade dos administradores para os seguidores? (Lembrando que, inicialmente, os autores eram identificados apenas por uma assinatura, Pet (Petrus), Zika (Eduardo), Power (Guido) e Lord (Jimmy), apesar de ainda usarem as assinaturas, já têm rostos ‘conhecidos’. Atualmente a página tem apenas Petrus e Jimmy na administração.)

PB: Não vemos problemas com isso, até porque muita gente já nos conhecia. E isso não passava de uma diversão, como eu havia dito, não imaginávamos esse sucesso todo.

MF: Como foi sair no quadro do Globo Esporte, “Caldinho do Tiago”, do Repórter Tiago Medeiros?

PB: Foi fantástico!  Eu estava na faculdade, e começou a chegar mensagens em tudo que era canto. Meus amigos não paravam de me mandar mensagem. É tipo um reconhecimento, foi muito bom, sem palavras.

GOLS DA ZUEIRA Programa onde apareceu no quadro do repórter Tiago Medeiros 

MF: Ainda falta realizar um sonho? Qual?

PB: Tenho muitos sonhos. O primeiro seria uma parceria com o perfil oficial do Náutico. Gostaria que o clube deixasse de ser careta e aderissem ao estilo da Chapecoense, Corinthians e Flamengo, por exemplo, que são perfis sérios com um toque de zoeira. Gostaria também de um convite do clube para um dia descontraído com os jogadores, entrevistas, etc. Ganhar mais inscritos e curtidas, pois isso ajuda bastante R$R$ (risos).

MF: Pensam em um dia ficar igual ao canal “Desimpedidos”?

PB: Falta muito. Patrocinadores, seguidores e dinheiro. Sinceramente, isso é impossível. Mas pretendemos chegar a, pelo menos, 30 mil seguidores, criar uns programas legais, e arrecadar mais com o Youtube.

MF: Quais são os seus ídolos?  E qual história mais marcante que você vivenciou com o Náutico?

PB: Primeiramente, Kuki. Depois Kieza e Acosta.  Foram jogadores que marcaram minha época. Tenho muitas histórias legais e tristes com o Náutico, eu praticamente acompanho o Náutico desde berço. Mas acredito que o acesso em 2006 foi muito especial! E, por fim, gostaria de agradecer a oportunidade e o reconhecimento, e desejo sucesso ao site do Mercado do Futebol e a Guilherme Medeiros e Clara Castro. Forte abraço.

Por Clara Castro e Guilherme Alimari

“Se fosse para te abandonar, não teria chegado até aqui!”

#AquiÉNáutico

Deixe seu comentário:

Guilherme Alimari

Apaixonado por futebol. Torcedor do Náutico e Benfica #AquiÉNáutico #CarregaBenfica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.