Mercado do Futebol

Náutico: caras novas, testes e nada de gols

O Náutico iniciou os trabalhos visando a temporada 2018, desde a semana passada. De lá pra cá, novas contratações foram anunciadas e os exames médicos e treinos físicos foram a rotina dos novos contratados. Mas, o Timba corre contra o tempo e foi necessário adiantar os trabalhos com bola, paralelamente aos treinos físicos e técnicos. Na tarde desta quinta-feira(21/12) o Náutico teria uma amistoso marcado contra o CSP-PB. Porém, devido a um protesto na BR-101, os mesmos não conseguiram chegar ao CT alvirrubro.

O técnico Roberto Fernandes então, antecipou o jogo-treino contra a equipe sub-20 alvirrubra. E os garotos que já treinam a algum tempo para a Copa São Paulo de futebol Júnior, não pegaram leve. Os profissionais começaram a partida com: Jefferson, Negretti, Rafael Ribeiro, Camacho e Gabriel Araújo; Hygor, William Gaúcho e Wallace Pernambucano; Fernandinho, Luís Henrique e Odilávio. Com o time ainda se entrosando e sem algumas peças que devem ser titulares, o jogo foi morno. As melhores oportunidades surgiram em bolas paradas e uma boa cabeçada de Wallace Pernambucano, mas que não resultou em gol.

Com apenas 30 minutos de jogo, o treinador mudou praticamente todo o time. Até para não forçar demais os jogadores, já que estão no princípio da pré-temporada. E o time ficou da seguinte forma: Jéfferson(único mantido), Paulo Roberto, Otávio, Camutanga e Kevyn; Jobson, Cal Rodrigues, Renato Júnior e Alex Moraes (em teste); Rafael Assis e Betinho. Contudo, Roberto precisou mudar em pouco tempo. Betinho e Renato Júnior sofreram pancadas e precisaram abandonar o treino. Aparentemente nada grave, mas o DM timbú ainda não se pronunciou sobre os dois casos.

Os profissionais do Náutico encerraram a partida com: Bruno; Paulo Roberto, Yuri, Wendel e Jefter; Matheus Rosa(em teste), Tácio Santos e Rayllan; Tharcisio, Wágner Lauretti e Rafael Assis. Quanto ao time sub-20 que mostrou estar bem entrosado, os destaques foram o zagueiro Samuel e os atacantes Robinho e Filipinho. Este segundo, já fora citado pelo técnico Roberto Fernandes. O treinador afirmou que após a Copinha o atleta seria integrado aos profissionais.

Lembrando ainda que não participaram da atividade: os laterais Thiago Ennes e Hugo Acosta, o volante Josa, e o meia Clebinho que chegaram por último e ainda aprimoram a parte física. Além deles, o recém contratado meia Luiz Medina que ficou realizando exames médicos também não foi ao campo. O atleta também atua como lateral direito. O jogo-treino contra o CSP-PB deve acontecer na tarde desta sexta-feira(22/12) também  no CT Wilson Campos.

 

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.