Mercado do Futebol

Náutico nas mãos da base

Náutico nas mãos da base, literalmente. Após a não renovação do goleiro Busatto, que assinou com a Aparecidense-GO, a direção alvirrubra decidiu não contratar nenhum outro goleiro. Com isso, os três goleiros à disposição do treinador Roberto Fernandes, são formados na base do alvirrubro da Rosa e Silva.

Mas aí vai a pergunta para a torcida alvirrubra: você conhece seus goleiros? Pois é, nem todos estão a par de quem são as revelações do Timbu. A exceção é Jéfferson, que foi titular em boa parte da série B, após a saída de Tiago Cardoso. Vamos fazer uma breve apresentação dos garotos. Começando pelo mais conhecido dos três e atual titular da meta alvirrubra.

Jéfferson Adelino da Silva, o Jéfferson, é natural da cidade de Vitória de Santo Antão-PE. Nascido em 02 de maio de 1993(24 anos) têm 1, 89 m de altura e pesa 77 kg. O atleta começou na base alvirrubra e em 2012 começou a integrar o profissional com o aval do técnico Alexandre Gallo. Teve ainda uma passagem pelo Pesqueira no mesmo ano. De 2013 a 2015 , o garoto teve poucas oportunidades e em 2016 passou um período de empréstimo no CSA-AL. Finalmente em 2017, o goleiro Tiago Cardoso ainda no início da série B, pediu para deixar o clube alegando problemas pessoais. Jéfferson segurou a titularidade e fez 25 jogos esse ano( sendo 1 no PE2017 e 24 na série B). Encerrou a temporada como titular e com moral, além de ter o contrato renovado até dezembro de 2019.

Bruno Ferreira Ventura de Lins, ou apenas Bruno, é o reserva imediato de Jéfferson. O garoto é natural de São paulo-SP. Nascido em 16 de Março de 1994( 23 anos) e têm 1,97 m de altura, pesando 83 kg. Bruno teve uma passagem na base do Bahia em 2013 e em 2014 chegou para reforçar a base Timbu. Ano passado já teve algumas oportunidades de ficar no banco de reservas. Mas, 2017 foi especial, na última rodada da série B o arqueiro foi acionado. Fez sua primeira partida no profissional. Apesar da derrota(3×0 para a Luverdense) o goleiro destacou-se e evitou uma vantagem maior para os adversários. Inclusive entrando na seleção da 38ª rodada em alguns sites especializados em estatísticas dos jogos.

Por fim, Sérgio Éverton da Silva, o Sérgio, é natural da cidade do Cabo de Santo Agostinho-PE. Nascido em 21 de setembro de 1997(20 anos) têm 1,90 m de altura e 97 kg. Destacou-se na Copa do Nordeste sub-20. O Náutico foi eliminado pelo Fortaleza-CE em disputa de pênaltis. Mas, se engana quem pensa que a culpa foi do arqueiro. Longe disso, Sérgio pegou dois pênaltis durante as cobranças alternadas, porém, seus colegas não tiveram boa pontaria e o Timbu acabou eliminado na 2ª fase da competição. É considerado uma joia em lapidação e em breve deve ter oportunidades de atuar como profissional, assim como Bruno.

O treinador Roberto Fernandes e toda comissão técnica acredita muito nesses três garotos e agora, resta eles mostrarem em baixo das traves que o Náutico têm uma base forte e uma boa escola de goleiros. A torcida alvirrubra também conta muito com a habilidade e vontade desses garotos em defender este manto centenário. O Náutico está nas mãos da base e precisa que dê certo. Também estou confiante no trabalho e espero que o Clube Náutico Capibaribe possa colher bons frutos nesse momento tão conturbado do clube.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.