Mercado do Futebol

Série A, chegamos.

Créditos Paraná Clube

Injustiça. É, muitos podem dizer que essa 1 década de série B foi injustiça. Mas vamos ser realistas, nós sabemos que não foi, essa 1 década foi o retrato de nossas pífias diretorias, dos estagiários que foram contratados como jogadores, dos que apenas usaram nossa camisa, mas não á honraram. Chega. Acabou. E por falar em acabar, vamos falar do jogo que fez com que nossa ~pequena~passagem na série b acabasse. Mas pera, isso também é injustiça, falar apenas desse jogo, sendo que se não fossem os outros 36 jogos esse não teria a tamanha importancia que teve.

Então vamos lá, Paraná Clube melhor mandante entre a série A e B, são 37 / 38 jogos até agora, são 18 vitórias, 9 empates e apenas 8 derrotas, uma verdadeira campanha de time que luta para subir, de time que lutou e mereceu o acesso. São 28 anos de clube, 28 anos contra tudo e contra todos, 28 anos também de muito sofrimento, e bota sofrimento nisso. O tricolor ganhou o jogo de hoje (18), pelo placar de 1×0, com um gol contra logo após um cruzamento do Alemão.

Por ser injustiça, sem muitos detalhes sobre o ”jogo do acesso”, a única coisa que importa é o placar final.

Foram 10 incansáveis anos nessa droga que se chama série B. Foram 10 anos de muita dor, suor, raça da torcida, foram 10 anos que a torcida carregou o time em alguns momentos, não sei se relembrar da vez que o time foi patrocinado pela FURIA é certo, mas faz parte da história, e relembrar é viver. Foram 10 anos achando que ”dessa vez vai”, foram 10 anos que fizeram muitos pular fora do barco, aliás, o orgulho paranista estava ferido, orgulho esse que em 2017 com certeza foi resgatado.

É errado falar falar que somente os 3 mil guerreiros merecem esse acesso, é errado porque a nação é beemm maior. Mas ok, esses 3 mil que não abandonaram o time nem na série prata do paranaense, hoje, falam com um gostinho bem maior que ”eu nunca abandonei o barco”. Todos merecem esse acesso, desde jogadores, diretoria, comissão técnica, TORCIDA até os funcionários do clube.

Faltam palavras pra expressar todo esse sentimento, daqui algumas semanas ainda irão falar do acesso e eu ainda ficarei sem palavras, acho que se tratando de Paraná Clube eu sinto tanto que o que não consegue sair em formas de palavras, sai em forma de lágrimas. Gostaria de escrever o que estou sentindo, gostaria de passar a emoção que meu coração está sentindo para esse texto, mas hoje não será possível, talvez amanhã, ou talvez quando eu deitar para dormir e ver que o sonho se tornou realidade.

Desculpas deixar o lado torcedora sobressair o lado profissional, mas hoje eu preciso, hoje eu precisava escrever o pouco que o coração ta conseguindo mandar.

Falando em ser torcedor, obrigada em especial ao Marcão que não abandonou o barco e hoje comemora o acesso, e também obrigada ao nosso técnico – torcedor, que colocou o coração na ponta da caneta e fez o que deveria ter feito.  E obrigada também a todos que fazem parte desse elenco, citar apenas alguns seria ~injusto~, então, obrigada aos nossos goleiros, Richard, Douglas Baldini, Hugo e Guilherme, aos nossos zagueiros, Maidana, Brock, Rayan, Wallace e Artur Jesus, aos nossos laterais, Cristovam, Junior, Igor e Assis, aos nossos meias, Leandro Vilela, Gabriel Dias, Jhony, Zezinho, Luis Otavio, Murilo Rangel, Renatinho, João Pedro, Vinicius Kiss e Biteco, e por ultimo, aos nossos atacantes, Robson, Alemão, Minho, Felipe Augusto, Felipe Alves, Matheus Costa, Rafhael Lucas, Giovanny, Vitor Feijão, Jean Lucas, Daniel Morais e Renato Dini. Obrigada também a todos da comissão técnica, sem voces o sonho não seria possivel.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.