Mercado do Futebol

Ídolo: Cada um tem o Marquinhos que merece!

Avaí.com

Nessa semana um vídeo dos bastidores pós jogo do Avaí na Vila Belmiro  começou a circular nas mídias sociais, e nesse vídeo a camisa 10 Marquinhos Santos, representando a torcida Avaiana abraça e agradece cada jogador da equipe após um belo discurso sobre a raça dessa equipe que orgulhou a nação em 2018, após um campeonato Brasileiro jogando contra tudo e contra todos.

 

O M10 nesse vídeo representou o torcedor, por que o torcedor do Avaí sabe que não faltou raça, não faltou entrega, que o time deu seu máximo em campo e que cada perda nessa equipe para a próxima temporada vai ser muito sentida pela nação azurra.

 

Como o Marquinhos também  o torcedor do Avaí não se escondendo após a queda, deu entrevista, inclusive esteve presente do Debate Diário da rádio CBN na última quarta-feira. Por que nem o Marquinhos, nem o torcedor do Avaí tem motivo para se envergonhar da luta digna do Leão nesse campeonato Brasileiro, pelo contrário. O Avaí venceu o campeão da América na casa deles, chegou a liderar um turno, foi o pesadelo dos times grandes, foi elogiado e analisado em cadeia nacional pelos grandes nomes da crônica esportiva brasileira.

 

Marquinhos é o torcedor do Avaí que vai a campo, veste a camisa e comanda a equipe. Já levantou taça, trouxe o créu pra Florianópolis na casa do adversário. Uma liderança e um exemplo dentro e fora dos gramados.

 

Tocedor, quando você for à Ressacada e a bola parar nos pés do Marquinhos, mantenha seus olhos bem abertos, pois você estará tendo um  oportunidade de ver a história acontecer diante dos seus olhos. Te orgulhe do teu time como o M10 faz, nem todos tiveram a oportunidade de fazer parte da série A 2017, e certamente o Avaí está saindo maior do que era quando subiu em 2016.

 

Um verdadeiro guerreiro, que não se esconde, seja nas horas boas ou nas ruins. Compararei o M10 à descrição que Steven Pressfield faz do Rei Leônidas, no livro Portões de Fogo, onde o ex escudeiro do exército Espartano explica em carta ao Rei Persa Xerxes sobre a essência da realeza:

 

“Vou dizer à Sua Magestade o que é um rei. Um rei não enfrenta o perigo dentro de sua tenda, enquanto seus homens sangram e morrem em campo de batalha. Um rei não janta enquanto seus homens passam fome, nem dorme enquanto eles estão vigiando sobre o muro”…”o rei é o primeiro a se levantar e o último a cair. Um rei não exige o serviço daqueles que lidera, mas o fornece a eles. Ele os serve, e não o contrário.”

 

Quem venha 2018 e que venha mais um ano de M10!

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.