O estadual em São Paulo (Série A1 e Série A2)

Hoje (17/01) termina nossa jornada de análise dos estaduais, com o início do Estadual Paulista (geralmente dizem que o ano começa somente agora)

 

Campeonato Paulista Série A1:

O estadual em São Paulo é o maior do país com 16 clubes divididos em 4 grupos, sendo que cada clube enfrenta todos os outros grupos (ou seja 12 rodadas) para assim decidir os dois melhores de cada grupo que passa para as quartas-de-final

 

Bragantino:

Apesar de estar na Série C e possuir um time até de nível legal, é um dos candidatos ao rebaixamento no campeonato, os destaques são: O goleiro Alex Alves ex-Sampaio Corrêa, o lateral-esquerdo Gerley ex-Bahia, o zagueiro Guilherme Mattis ex-Fluminense, o volante Vitinho ex-Botafogo-SP, o meia William Schuster ex-Náutico e o atacante Bruno Sávio ex-Cuiabá-MT. O técnico é Marcelo Veiga.

Leitura: Entrevista com o lateral-esquerdo Gerley

 

Botafogo de Ribeirão Preto:

Outra equipe que está na Série C, porém o investimento é interessante no elenco, assim a chance de ficar no meio da tabela é bem vistosa, os principais nomes são: O goleiro Tiago Cardoso ex-Náutico, o lateral-direito Marcos Martins ex-CRB, o zagueiro Plínio ex-Botafogo-PB, o volante Diones ex-Ceará, o meia Dodô ex-Chapecoense e o atacante Bruno Moraes ex-Santa Cruz. O técnico é Leonardo Condé.

Leitura: Entrevista com o atacante Bruno Moraes, o General do Arruda

 

Corinthians:

O campeão brasileiro é favorito ao título paulista, sendo assim conquistar novamente o estadual, a base foi mantida o que é muito importante, podemos dizer que o clube busca surpreender sempre, os destaques são: O goleiro Cássio (foto), o lateral-direito Fágner, o zagueiro paraguaio Balbuena, o volante Gabriel, o meia Jadson e o atacante paraguaio Angel Romero. O técnico é Fábio Carille.

Foto: SC Corinthians Paulista.

 

Ferroviária:

Mais uma equipe interessante em termos de elenco, apesar da vaga na Série D, a preocupação inicial é não cair de divisão, o que seria terrível para suas pretensões, os destaques são: O goleiro Gabriel Leite ex-Luverdense, o lateral-direito Moacir ex-Sport, o zagueiro Velicka ex-Oeste, o meia Caíque ex-Portuguesa e o atacante Misael ex-Brasil-RS. O técnico é Paulo César de Oliveira.

 

Grêmio Novorizontino:

Série D em vista e para isso investiu bem em jovens promessas e jogadores consagrados, a tendência é metade da tabela ou quem sabe ser o azarão no campeonato, os principais nomes são: O goleiro Oliveira ex-Joinville, o lateral-esquerdo Thallyson ex-Vitória, o zagueiro Fábio Ferreira ex-Ponte Preta, o volante Adilson Goiano ex-Arouca (Portugal), o meia Jean Carlos ex-Goiás e o atacante Magno Alves ex-Ceará. O técnico é Doriva.

 

Ituano:

O Ituano busca uma vaga na Série D do próximo ano, no entanto a tendência é brigar na parte de baixo da tabela, um time com limitações visíveis, os destaques são: O goleiro Vagner ex-Palmeiras, o lateral-direito Ivan ex-Coritiba, o zagueiro Alison ex-Santa Cruz, o volante Corrêa ex-Flamengo, o meia Tony ex-CRB e o atacante Claudinho ex-Guarani.

Leitura: Entrevista com Claudinho!

 

Linense:

Outra equipe com a vaga na Série D, no entanto ao se analisar os elencos na totalidade, o time de Lins apresenta o pior elenco (que em outros campeonatos seria um bom elenco), candidato-mor ao rebaixamento, os destaques são: O goleiro Pegorari ex-Palmeiras, o lateral-direito Eduardo ex-Atlético-GO, o zagueiro Leandro Silva ex-Paraná, o volante Bileu ex-ABC, o meia Thiago Humberto ex-Internacional e o atacante Wilson ex-Corinthians. O técnico é Moacir Junior.

 

Mirassol:

O Mira é um time interessante viu, um dos candidatos a azarão e utiliza o passaporte Série D ao seu favor para atrair bons jogadores, os destaques são: O goleiro Fernando Leal ex-América-MG, o lateral-direito Sueliton ex-Náutico, o zagueiro Wellington ex-Santa Cruz, o volante Djavan ex-Botafogo-PB, o meia Xuxa ex-Figueirense e o atacante Douglas Baggio ex-Ceará. O técnico é Moisés Egert.

Leitura: Entrevista com Wellington, ex-zagueiro do Santa Cruz

 

Palmeiras:

A Sociedade Esportiva Palmeiras manteve a base e foi com menos ímpeto ao mercado, apesar disso foi preciso na maioria de seus reforços, um dos favoritos ao títulos, os destaques são: O goleiro Fernando Prass (foto), o lateral-esquerdo Diego Barbosa, o zagueiro Edu Dracena, o volante Moisés, o meia venezuelano Alejandro Guerra e o atacante Dudu. O técnico é Roger Machado.

Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Folhapress.

 

Ponte Preta:

O descenso a Série B fez a diretoria investir menos no estadual, porém a metade da tabela parece uma meta viável para o clube, tranquilamente, os destaques são: O goleiro Aranha ex-Santos, o lateral-esquerdo Marciel ex-Corinthians, o zagueiro Wesley Matos ex-Vila Nova, o volante João Vítor ex-Palmeiras, o meia Tiago Real ex-Coritiba e o atacante Silvinho ex-Criciúma.

 

Red Bull Brasil:

O candidato-mor a azarão no campeonato em busca novamente de uma vaga na Série D, agora é treinar e colocar essa máquina em campo, os destaques são: O goleiro Júlio César ex-Náutico, o lateral-esquerdo Everton Silva ex-Flamengo, o zagueiro Anderson Marques ex-Juventude, o volante Maylson ex-Chapecoense, o meia Thomaz ex-São Paulo e o atacante Ricardo Bueno ex-Atlético Mineiro.

Leitura: Entrevista com Everton Silva, campeão Brasileiro em 2009 com o Flamengo

 

Santo André:

O time santo-andreense montou uma equipe para buscar a vaga na Série D, o meia da tabela já é uma meta decente e que geralmente se conquista este objetivo, os destaques são: O goleiro Neneca ex-Botafogo-SP, o lateral-direito Jonathan Bocão ex-CRB, o zagueiro Domingos ex-Santos, o volante Adriano ex-Goiás, o meia Aloísio ex-Brasil-RS e o atacante Lincom ex-Corinthians. O técnico é Sérgio Soares.

Leitura: Entrevista com o atacante Lincom, do Brasil de Pelotas

 

Santos:

A equipe está em processo de restruturação, elenco de qualidade, porém está meio defasada ao se comparar com os rivais, mesmo assim é sempre favorito ao título, os principais nomes são: O goleiro Vanderlei (foto), o lateral-esquerdo Romário, o zagueiro David Braz, o volante Renato, o meia Vitor Bueno e o atacante Bruno Henrique. O técnico é Jair Ventura.

Leitura: Entrevista com o lateral-esquerdo Romário, do Ceará

Foto: Santos Futebol Clube.

 

São Bento:

A equipe beneditina busca a vaga nas quartas-de-final e somente, após dois acessos seguidos, o time quer se manter em alto nível para isso o estadual é interessante, os principais nomes são: O goleiro Henal ex-Cuiabá, o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro ex-Vila Nova, o zagueiro Luizão ex-Ceará, o volante Rodrigo Thiensen ex-Botafogo-SP, o meia Celsinho ex-Londrina e o atacante Elias ex-Botafogo.

 

São Caetano:

O clube busca uma vaga na Série D, mesmo assim a tarefa não será nada fácil, no entanto montou um elenco para as disputas e chegar ao menos na metade do campeonato, os principais nomes são: O goleiro Helton Leite ex-Botafogo, o lateral-direito Alex Reinaldo ex-Mogi Mirim, o zagueiro Max ex-Remo, o volante Vinicius Kiss ex-Paraná, o meia Diego Rosa ex-Atlético-GO e o atacante Rafael Costa ex-Ceará. O técnico é Luis Carlos Martins.

Leitura: Entrevista com o meia Vinicius Kiss, do Paraná

 

São Paulo:

Para finalizar a parte Série A1, um dos favoritos ao título, a equipe alterna muito, principalmente após as saídas, mas manteve uma base e contratou bem, os destaques são: O goleiro Jean, o lateral-esquerdo Reinaldo, o zagueiro Anderson Martins, o volante Jucilei (foto), o meia peruano Christian Cueva e o atacante Diego Souza. O técnico é Dorival Junior.

Foto: São Paulo FC.

 

Campeonato Paulista Série A2:

São 16 equipes em 15 jogos que definem os quatro semifinalistas, ali em diante confrontos mata-mata.

 

Água Santa:

Os destaques são o lateral-esquerdo Wellington Saci ex-Sport, o zagueiro Guilherme Andrade ex-Ceará, o volante Bruno Dybal ex-Palmeiras, o meia Rafael Chorão ex-Portuguesa e o atacante Leandro Cearense ex-Paysandu.

Leitura: Entrevista com o meia Bruno Dybal, do Gil Vicente, de Portugal

 

Audax Osasco:

Equipe que se destaca pelo ataque e o principal nome é Robert ex-Palmeiras.

 

Batatais:

Candidato ao rebaixamento, apesar de anos anteriores, o time ter feito maior investimento, esse ano não temos informação sobre elenco.

 

Guarani:

É um elenco limitado convenhamos para a grandeza do clube, contudo para a Série A2 se torna um dos favoritos ao acesso, o passaporte Série B ajuda muito na imponência, os principais nomes são: O goleiro Bruno Brígido ex-Coritiba, o lateral-esquerdo Lenon ex-Flamengo, o zagueiro Lucas Kal ex-São Paulo, o volante Hélder ex-Figueirense, o meia Fumagalli (foto) ex-Sport e o atacante Caíque ex-Red Bull Brasil.

Foto: Guarani FC.

 

Inter de Limeira:

O destaque é o atacante Éder Paulista ex-Cianorte-PR, candidato ao descenso.

 

Juventus:

Equipe tradicional da capital paulista, tem possibilidade de acesso apesar de remota, os destaques são: O lateral-direito Wendel ex-Atlético Paranaense, o volante Rosinei ex-CSA e o atacante Weldon ex-Santos.

 

Nacional:

Outro clube da capital e apesar do acesso na última temporada, busca o acesso imediato a Série A1, porém não é uns dos favoritos, os principais nomes são: O volante Rodrigo Souza ex-Cruzeiro, o meia Ferdinando ex-Avaí e o atacante Laécio ex-São Caetano.

 

Oeste:

É o outro time que disputa a Série B do Brasileiro, mesmo assim montou um bom time defensivamente, mas em termos ofensivos deixou a desejar, briga pela vaga de acesso, os destaques são: O goleiro Wendell ex-Vila Nova, o lateral-direito Daniel Borges ex-Atlético-GO, o zagueiro Leandro Amaro (foto) ex-Palmeiras, o volante Betinho ex-Boa Esporte, o meia Mazinho ex-Santa Cruz e o atacante Raphael Luz ex-Luverdense.

Foto: Oeste FC.

 

Penapolense:

Os destaques são o lateral-direito Crystian ex-Paysandu, o zagueiro Marcelo Bispo ex-Linense e o volante Gercimar ex-Ponte Preta.

 

Portuguesa:

Disputa uma das vagas de acesso, essa é a oportunidade pelo equilíbrio do campeonato de voltar aos poucos ao cenário estadual e depois nacional, os principais nomes são: O goleiro Leandro Santos ex-Portuguesa, o zagueiro Gabriel Santos ex-São Bento, o volante Luciano Sorriso ex-São Caetano e o atacante William ex-Náutico. O técnico é Guilherme Alves.

 

Rio Claro:

Os principais nomes são o zagueiro Marcelo Godri ex-Bragantino, o volante Acleisson ex-Portuguesa e o atacante Victor Sapo ex-ABC.

 

São Bernardo:

Aquela equipe que disputava a primeira divisão estadual e sempre montava bons elencos, mas como o rebaixamento, o investimento caiu drasticamente, os destaques são: O goleiro Daniel ex-Boa Esporte e o atacante naturalizado equato-guineense Ricardinho ex-São Caetano.

 

Sertãozinho:

O meio da tabela é um objetivo decente para a equipe, que montou um bom elenco, os principais nomes são: O goleiro Márcio ex-São Paulo, o lateral-esquerdo Pedro Rosa ex-Volta Redonda, o volante Alê ex-São Bento, o meia Michel Cury ex-América-RN e o atacante Magrão ex-Mogi Mirim. O técnico é Ruy Scarpino.

Leitura: Entrevista com o lateral-esquerdo Pedro Rosa, do Volta Redonda

 

Taubaté:

Os principais nomes são o goleiro Fábio ex-Palmeiras, o volante Willian Favoni ex-Coritiba e o meia Francisco Alex ex-CSA.

Leitura: Entrevista com o meia Francisco Alex, do CSA

 

Votuporanguense:

Os destaques são o goleiro Vitor Prada ex-Avaí, o meia Ricardinho ex-Ceará e o atacante Tiago Tremonti ex-São Bento.

 

XV de Piracicaba:

Para acabar com a nossa análise dos estaduais em 2018, o Nhô Quim que busca uma vaga de acesso, os principais nomes são: O lateral-direito Oziel ex-Guarani, o zagueiro Vinicius Simon ex-Santos, o volante Bruno Formigoni ex-São Paulo, o meia Guly do Prado ex-Luverdense e o atacante Fabinho ex-Londrina.

Deixe seu comentário:

Jean Lucas

Criador do site Mercado do Futebol, jornalista em busca de aprimorar-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.