O ABC sufoca no primeiro tempo, mas leva sufoco no segundo e volta derrotado para o RN.

Vindo de um segundo tempo impecável contra o Criciúma, onde foram marcados três gols, além de ter sufocado o time visitante, o ABC iniciou sonolento a partida frente ao Brasil/RS e logo no início, depois da falha generalizada da zaga, o placar foi aberto.

Depois do gol, o jovem time do RN não se amedrontou, pôs a bola no chão e além de criar algumas reais chances de gols, tomou conta da partida ao ter mais volume de jogo. Mesmo assim, o setor defensivo, em particular o miolo de zaga, continuou a bater cabeça e a dar sustos ao torcedor alvinegro.

Apesar do gol sofrido, e de algumas falhas da zaga, o placar do primeiro tempo não demonstrou a realidade do tempo inicial, mas sabemos que no futebol o que importa é a bola na rede e neste quesito não há o que discutir: 1 a 0 e ainda restavam 45 minutos.

O segundo tempo começa e a onzena de Natal não se encontrou mais em campo, poucas chance criadas e muito sufoco por parte do time gaúcho. Vieram mais dois gols e várias chances desperdiçadas pelo o ataque do time Xavante e mesmo com um placar de 3 a 0, nosso melhor jogador em campo foi o goleiro Edson.

Saldo do jogo: primeiro tempo a ser analisado e acertar os pontos que contribuíram para a derrota parcial de 1 a 0 e um segundo tempo a ser esquecido, inclusive as opções de banco a serem utilizados, em especial Lucas Coelho e Adriano Pardal.

Agora o ABC volta a jogar no próximo sábado (18/11) às 16h30, horário de Natal, diante do perigoso Oeste/SP. Mesmo o time rebaixado e vindo de derrota, acredito que ir ao Frasqueirão será um bom programa, a final, ver a molecada correndo em campo, tem sido de encher os olhos.

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.