Mercado do Futebol

Aumentar a capacidade e voltar a ser Alçapão

(Foto: Santos FC)

Desde o ano passado, conforme já havíamos anunciado, a intensão era remodelar e aumentar a capacidade da Vila Belmiro. A nova diretoria, além de aumentar a capacidade, a intensão é trazer de volta a sensação do “alçapão”, ao estádio que sempre causou medo aos adversários. A ideia principal por fim à “frieza”, do estádio, remodelando os setores térreos, na maioria na área dos camarotes. A ideia é transformar o setor em uma arquibancada popular. As mudanças também devem atingir o “setor visa”, onde a ideia é aproximar a torcida do jogo. Atualmente o local é fechado por vidros com 1,60 mt de altura, e a mudança seria a substituição dos atuais, por vidros de 80 cm de altura. Esta mudança gera uma certa preocupação, pois neste local, o estádio tornaria-se vulnerável à invasões de campo, o que acarretaria punições ao clube.

Outro local que deve sofrer modificações é o setor que fica atrás do gol, frontal ao placar eletrônico. No local, também existem camarotes que e devem dar lugar há uma arquibancada para aproximadamente 800 torcedores, esta delimitada por alambrados. “Vamos mudar isso, assim como tempos projetos para melhorar a ocupação das cativas, sem prejudicar os direitos de seus proprietários”, afirmou o presidente José Carlos Peres ao UOL durante a campanha eleitoral do Santos.

Já não é de hoje que o público na Vila Belmiro vem diminuindo. Bem diferente dos anos 60 e 70, quando os maiores públicos foram registrados, ultrapassando a casa dos 30 mil torcedores no estádio, a última temporada o Santos teve apenas a 17ª média de público da série A, com 11.759 torcedores por jogo como mandante. Este número foi alcançado graças a alguns jogos que o Santos mandou no Pacaembu. O maior público de 2017 na Vila Belmiro foi de 13.132 pagantes, contra o The Strongest, da Bolívia, ainda pela fase de grupo da Libertadores. Os jogos no Pacaembu, o time conseguiu ter uma média de 22.682 pagantes. Outro fato que incomoda a diretoria, é o fato do time ter igualado seu pior desempenho em casa na sua história. Ao todo, foram 7 derrotas nos seus domínios, como nos anos de 1940, 1952 e 1986. A derrota mais dolorosa foi para o Barcelona de Guaiaquyl, que eliminou o time da Libertadores, no jogo de volta das quartas de final, quando o time saiu vencido por 1×0.

Em 20 de setembro de 1964 foi registrado o maior número de torcedores na Vila Belmiro, com mais de 33 mil pagantes para assistir Santos x Corinthians. (Foto: Acervo Santos FC)

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: