Entrevista com Gustavo Geladeira, zagueiro do Londrina!

Gustavo Geladeira, atualmente zagueiro do Londrina Esporte Clube, fala conosco sobre futebol, expectativas e momentos marcantes. Confira:

 

1- Como está sendo fazer parte do elenco de um time do interior do Paraná e qual foi o momento mais marcante até agora dentro do clube?

R:- Para mim é um prazer e uma honra fazer parte da equipe do Londrina, desde quando cheguei fui muito bem recebido por todos dentro do clube e abraçado pela cidade. Londrina é uma cidade espetacular que respira futebol e pra mim é uma honra pode vestir a camisa de um clube tão querido como é o Londrina. O momento mais marcante dentro do clube sem dúvidas foi a conquista da primeira liga, um título incontestável, campeão invicto passando por clubes gigantes do nosso futebol e isso pra nós jogadores foi uma sensação única, poder levar o Londrina a conquista de um título nacional.

 

2- Diante de poucas oportunidades que teve no LEC pretende ficar e mostrar seu trabalho por mais tempo?

R:Pra mim seria importantíssimo poder ficar mais uma temporada aqui no Londrina, tenho muito ainda que mostrar com essa camisa mas infelizmente não depende só de mim, tenho contrato com o Boavista ainda, não sei o que vai acontecer, agora é esperar e ver qual vai ser meu destino na próxima temporada.

 

3- A zaga da equipe tem sido criticada, visto que tem a pior defesa do campeonato, o que acha que pode ser feito para apagar essa imagem?

R: Futebol tem dessas coisas, hoje temos uma das piores defesa da competição e um dos melhores ataques, sabemos que temos que buscar esse equilíbrio dentro da nossa equipe, tivemos uma melhora muito grande nos últimos jogos e conseguimos esse equilíbrio que vinhamos buscando desde do início, espero que possamos manter esse equilíbrio até o final da competição.

 

4- O que o Londrina precisa nessa reta final de campeonato para subir para a série A? O elenco ainda acredita no acesso?

R: O Londrina precisa manter o foco e a humildade, estamos pensando jogo a jogo, estamos vivo dentro da competição. Nós jogadores acreditamos que podemos dar esse presente pra nossa torcida.

Foto: Vinicius Frigeri/RPC.

 

5- Em uma visão geral, o que você gostaria de ver no futebol brasileiro que hoje ainda não temos?

R: Acho que muitas coisas, uma delas é o respeito com os jogadores de futebol. E outra coisa é que nos jogadores possamos se unir mais. Na minha visão nossa classe é muito desunida, nos jogadores só pensamos em nós quando estamos bem e esquecemos do companheiro que está desempregado com família pra sustentar, jogadores que só disputam o campeonato estadual e depois não tem mais nenhuma competição pra jogar é uma pena, eu fico muito triste com isso. O Brasil é o país do futebol isso não pode acontecer, acho que nós jogadores tinhamos que nos unir pra podermos nos ajudar em relação a isso.

 

6- Para finalizarmos, deixe um recado para a torcida alviceleste ligada no Mercado do Futebol:

R: Queria deixar um abraço pra nossa torcida alviceleste e dizer que nós jogadores estamos focados e comprometidos em busca desse acesso, é uma missão difícil mas com apoio de vocês somos ainda mais fortes, PRA CIMA DELES TUBARÃO.

 

Deixe seu comentário:

Juliana Ferraz

Londrinense, estudante de Direito, apaixonada por futebol, livros e Londrina Esporte Clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.