Mercado do Futebol

Corinthians faz jogo animado contra o Galo e finalmente levanta a taça de campeão brasileiro.

Foto: Corinthians - Twitter.

Neste domingo, o clube do Parque São Jorge finalmente pôde levantar a taça de campeão brasileiro. No entanto, o torcedor que estava nas arquibancadas pôde se deliciar com um grande jogo de futebol, além de ver o ídolo Cássio levantar o troféu e poder gritar ” é campeão ”.

Sobre o jogo: 

O jogo começou com o Corinthians tendo mais posse de bola e agredindo o time de Oswaldo de Oliveira. Criou muitas oportunidades. O seu camisa 10 fez um grande jogo no primeiro tempo, como há algum não fazia. Jadson foi muito participativo, tomava conta da maioria das ações ofensivas  e teve uma movimentação intensa. Inclusive o lance que o Corinthians esteve mais próximo de marcar – antes de sofrer o primeiro gol, foi em um chute do camisa 10 que explodiu no travessão de Victor. Embora o time mandante estivesse melhor e com muita sede para marcar, foi o Galo que saiu na frente através de um golaço de falta do venezuelano Otero. Esse gol foi uma espécie de balde de água fria no Corinthians que estava melhor em campo. Mas a equipe não demorou muito para se recuperar, continuou criando oportunidades, colocando pressão e chegou ao seu gol, também, através de uma cobrança de falta. Jadson que fazia um ótimo jogo foi premiado com um gol falta na qual o jogador não marcava desde 2015 – contra o Internacional, na Arena. Finalmente o tão buscado gol saiu e o time desceu para o vestiário ao menos em igualdade no placar.

Para a segunda etapa, Carille já voltou com a equipe modificada: Camacho por Marquinhos Gabriel; mudando o esquema para o 4-1-4-1. O time ficou mais criativo com o quarteto: M.Gabriel, Jadson, Rodriguinho e Clayson. A alteração surtiu efeito e o time começou o segundo tempo da mesma forma que estava atuando no primeiro: agredindo o Galo e criando oportunidades. Não demorou muito para a virada vir. Marquinhos Gabriel aos 12 minutos, fez linda jogada individual e bateu no ângulo direito de Victor. Em sua jogada característica. Após a virada corintiana, o Atlético tomou iniciativa maior para buscar o gol, já que o resultado não interessava aos objetivos do time no campeonato – vaga para Libertadores. E a principal jogada do time era a bola parada de Otero. O jogador dava trabalho ao Cássio em faltas e escanteios. É impressionante o desempenho do meia atleticano nesse quesito, é de fato um especialista. O gol de empate do Galo acabou saindo justamente em sua bola parada – não tinha como ser diferente. O meia bateu um de seus escanteios venenosos para dentro da área e Fred empatou a partida. Foi um ótimo jogo. O Corinthians esteve próximo de sair com a vitória em dois chutes perigosíssimos do volante Maycon de fora da área. Já o Atlético tem motivo de lamentar mais, pois em um dos contra -ataques armados, Fred recebeu sozinho na cara do goleiro, o driblou, mas chutou para fora desperdiçando uma chance incrível que poderia dar a vitória para o time de Minas. No final, pelo que foi a partida, o empate ficou de bom tamanho, Corinthians e Atlético Mineiro fizeram um jogo muito legal em Itaquera.

Jô que passou em branco no jogo de hoje, continua empatado na artilharia da competição com Henrique Dourado que também não marcou no confronto do seu time na derrota diante do Sport, no sábado. Portanto a decisão da artilharia da competição ficará para última rodada.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.