Santo André surpreende o Corinthians no segundo tempo e conquista sua primeira vitória no Paulistão.

O Corinthians era o natural favorito diante do Santo André, até porque o Ramalhão ainda não havia conquistado nenhuma vitória na competição e tinha a dura missão de enfrentar uma equipe forte e embalada com 4 vitórias consecutivas. No entanto, o time de Sérgio Soares surpreendeu no segundo tempo, jogou melhor e foi merecedor dos 3 pontos.

Sobre o jogo 

O Corinthians não teve uma atuação de encher os olhos no primeiro tempo, mas criou as melhores oportunidades e chegou ao seu primeiro gol, aos 38 minutos, com Rodriguinho em bela jogada de Clayson pelo lado esquerdo. Antes do gol marcado, a equipe já tinha acertado a trave de Neneca e assustado o goleiro do Ramalhão em outros momentos. O time sofreu pouco na defesa, mas conseguiu uma vitória segura, embora nem um brilhante.

O segundo tempo foi do Santo André. Sérgio Soares colocou Hugo Cabral em campo, e o atacante fez toda diferença; entrou bem e ganhou a maioria dos duelos individuais com o Fágner, foi fundamental para trazer os 3 pontos ao Santo André. O empate da equipe mandante não demorou a sair, Tinga recebeu livre e mandou uma bomba no ângulo de Cássio, do meio campo. Após o gol tomado, Carille tentou mexer na equipe, pois a resposta do time, após o gol sofrido, não era nada agradável. Portanto, Colocou Marquinhos Gabriel e Lucca, nos lugares de Romero e Clayson. Trocou pontas por pontas, apesar da equipe estar com dificuldades na criação. As alterações pouco fizeram efeito. Ou melhor, surtiram um efeito contrário, pois Lincom, na famosa lei do ex, desempatou a partida e marcou o gol que deu a vitória ao Ramalhão. Carille ainda colocou Emerson no lugar de Gabriel, mudando o esquema da equipe para o 4-2-4, mas nada adiantou. O Corinthians teve uma atuação pífia no segunda e tapa e mereceu sair derrotado. Méritos ao Santo André que foi bravo e conquistou sua primeira vitória na competição.

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.