Mercado do Futebol

O estaduais na Região Sudeste (Capixaba, Carioca e Mineiro)

Foto: URT-MG.

Hoje (13/01) continuamos nossa jornada ao desbravar mais três campeonatos estaduais no país, agora os estados são do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro

 

Campeonato Capixaba:

É um formato normal da maioria dos campeonatos, são 10 equipes sendo que em nove jogos se decidem os semifinalistas de um turno, até a final confronto mata-mata. A observação é que são dois turnos.

 

Atlético Itapemirim:

O atual campeão é do interior e como reflexo do enfraquecimento da campeonato não possui grandes nomes. O técnico Zé Humberto é o destaque.

 

Desportiva Ferroviária:

Em termos de elenco, o clube da capital larga na frente com o lateral-esquerdo Ernani ex-Juventude e o atacante naturalizado iraniano Edinho ex-Tractor Sazi.

 

Doze:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Espírito Santo:

O time aos poucos vai crescendo de produção e quer sim ser o expoente a nível estadual, em termos de atletas tem o volante Marcone (foto) ex-Bahia e o meia Mael ex-Goiás.

Foto: João Brito/Espírito Santo FC.

 

Real Noroeste:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Rio Branco:

O destaque de um dos grandes do estado é o atacante Acerola ex-Criciúma.

 

São Mateus:

O goleiro Alessandro Zanier com passagem pela base do Milan é o maior reforço da equipe no momento.

 

Serra:

O principal nome do clube é o meia Joélson ex-Avaí.

 

Tupy:

Na equipe de nome indígena o destaque vai para o meia Thiago Almeida ex-Ceará.

 

Vitória:

O time da Capital apesar de não ser um dos tradicionais também tem destaque, o atacante Wilker ex-Rio Branco-AC.

 

Campeonato Carioca:

Aquele velho formato de sempre, dois grupos de seis times que se enfrentam e os dois melhores vão para a semifinal. As famosas Taça Guanabara e Taça Rio.

Obs: Vamos analisar somente os 10 clubes classificados atualmente.

 

Bangu:

Montou aquele velho time para não cair e tentar pleitear uma vaga na Série D do Brasileiro, os destaques são: O goleiro Célio Gabriel ex-Taubaté-SP, o lateral-esquerdo Leonardo ex-Internacional, o zagueiro Dalton ex-Fluminense, o volante Wagner ex-Brasil de Pelotas, o meia Almir ex-Flamengo e o atacante Nilson ex-Santos. O técnico é Alfredo Sampaio.

 

Boa Vista:

O clube de Saquarema continua naquela de investir forte em sua cidade, um candidato a surpresa quem sabe, os destaques são: O goleiro Rafael ex-Fluminense, o lateral-direito Júlio César ex-Vasco, o zagueiro Gustavo ex-Flamengo, o volante Thiaguinho ex-Sport, o meia Fellype Gabriel ex-Palmeiras e atacante Leandrão ex-Brasil de Pelotas. O técnico é Eduardo Allax.

Leitura: Entrevista com Gustavo Geladeira, zagueiro do Londrina!

 

Botafogo:

Dentre as condições impostas, está muito bem e obrigado. Chega para duelar pelo título estadual contra seus rivais e tem possibilidades sim de conquista, os principais nomes são: O goleiro Jefferson (foto), o lateral-direito Arnaldo, o zagueiro argentino Joel Carli, o volante Rodrigo Lindoso, o meia João Paulo e o atacante Rodrigo Pimpão. O técnico é Felipe Conceição.

Leitura: Entrevista com o lateral Arnaldo do Botafogo

Foto: Botafogo FR.

 

Flamengo:

O Clube de Regatas do Flamengo continua com muitas indefinições, principalmente no quesito contratações, pois em termos de saída houveram algumas partidas de atletas, mesmo assim é o favorito ao título, os principais nomes são: O goleiro Diego Alves, o lateral-esquerdo peruano Trauco, o zagueiro Réver, o volante colombiano Cuéllar, o meia Diego (foto) e o atacante Felipe Vizeu. O técnico é Paulo César Carpegiani.

Foto: CR Flamengo.

 

Fluminense:

A situação no lado das laranjeiras não é muito confortável, a torcida já pega no pé do seu presidente por investir de forma cômoda e liberar seus atletas principais para negociação com outros clubes, do que ficaram destacamos: O goleiro Júlio César, o lateral-direito Gilberto, o zagueiro Gum (foto), o volante Douglas, o meia equatoriano Sornoza e o atacante Marcos Júnior. O técnico é Abel Braga.

Foto: Fluminense FC.

 

Madureira:

Em mais um ano, o time da capital carioca monta um elenco com bons nomes e que juntos pode sim fazer um time competitivo para as disputas desse ano, os destaques são: O lateral-direito Henrique ex-Fortaleza, o zagueiro João Carlos ex-Vasco, o volante Léo Lima ex-Palmeiras, o meia Luciano Naninho ex-Bangu e o atacante Souza ex-Flamengo. O técnico é PC Gusmão.

 

Nova Iguaçu:

O time da baixada tem até um elenco interessante, mas o nível do estadual é forte e a equipe deve brigar para não cair para segunda divisão, dentre os principais nomes estão: O goleiro Luiz Henrique ex-Macaé, o lateral-direito Daniel Damião ex-Guarani, o meia Bruno Smith ex-Paysandu e o atacante Adriano ex-Vasco da Gama.

 

Portuguesa:

Vai tentar surpreender a todos, porém novamente a briga será para se manter vivo entre os melhores do Rio de Janeiro, os destaques são: O goleiro Milton Raphael ex-Botafogo, o volante Jhonnatan ex-Ceará, o meia Rayllan ex-Sampaio Corrêa e o atacante Alexandro ex-Paysandu.

 

Vasco da Gama:

Desordem é a palavra geral no cruzmaltino, mesmo assim manteve uma base do elenco que conquistou uma vaga na Pré-Libertadores possuindo bons jogadores que devem buscar o título carioca, os destaques são: O goleiro Martin Silva (foto), o lateral-esquerdo Ramon, o zagueiro Breno, o volante Leandro Desabato, o meia Nenê e o atacante Luis Fabiano. O técnico é Zé Ricardo.

Foto: CR Vasco da Gama.

 

Volta Redonda:

Apesar do passaporte Série C ser interessante em termos de recursos para um time menor, o Voltaço investiu menos do que muitos dos seus adversários, mesmo assim o meio da tabela parece algo interessante a se pensar, os principais nomes são: O goleiro Douglas Borges ex-Ceará, o lateral-esquerdo Michel Benhami ex-América-RN, o volante Rafael Granja ex-Vitória da Conquista, o meia Vinícius Pacheco ex-Flamengo e o atacante Anselmo ex-Náutico.

 

Campeonato Mineiro:

São 12 clubes e 11 partidas para definir os 8 melhores que disputam as quartas-de-final, dali em diante confrontos no estilo mata-mata.

 

América Mineiro:

Apesar de estar na Série A, o Coelho está muito comedido e por enquanto fez poucas aquisições, na realidade mais se desfez do elenco campeão ano passado, os principais nomes são: O goleiro João Ricardo, o lateral-esquerdo Giovanni, o zagueiro Lima, o volante Matheus Sales, o meia Gérson Magrão e o atacante Rafael Moura. O técnico é Enderson Moreira.

 

Atlético Mineiro:

O Galo está em busca de um ano melhor que 2017 e um título mineiro cairia bem no início, apesar de estar um pouco atrás de seu rival, é um time com qualidade e que pode fazer um bom papel, os destaques são: O goleiro Victor (foto), o lateral-esquerdo Fábio Santos, o zagueiro Leonardo Silva, o volante Elias, o meia equatoriano Juan Cazares e o atacante Ricardo Oliveira. O técnico é Oswaldo de Oliveira.

Foto: AFP.

 

Boa Esporte:

Apesar de estar na Série B, o time de Varginha quer pelo menos permanecer de divisão, por isso montou um elenco limitado, os principais nomes são: O lateral-direito Joazi ex-Palmeiras (base), o zagueiro Romário Leiria ex-Internacional, o volante Hélder ex-Slaven (Croácia), o meia Marcílio ex-Santa Cruz e o atacante Gerônimo ex-Náutico.

 

Caldense:

O time de Poços de Caldas tem a vaga na Série D do Brasileiro, o elenco tem suas limitações e a briga também é na parte de baixo da tabela, os destaques são: O goleiro Omar ex-Bahia, o lateral-direito Marcelinho ex-Sampaio Corrêa, o meia naturalizado búlgaro Marquinhos e o atacante Potita ex-Chapecoense.

 

Cruzeiro:

O time aos poucos vai montando uma esquadrão do meio para frente, é o favorito a conquista do título já que vem de um bom ano e de disputa da Libertadores nesse ano, os destaques são: O goleiro Fábio, o lateral-direito Edílson, o zagueiro Manoel, o volante Henrique, o meia uruguaio De Arrascaeta (foto) e o atacante Fred. O técnico é Mano Menezes.

Foto: Cruzeiro Esporte Clube.

 

Democrata:

Um dos principais candidatos a rebaixamento, o time de Governador Valadares quer quebrar esse estigma ruim com as presenças do zagueiro Mateus Alves ex-Guarani, do lateral-direito Alan Silva ex-Ceará e o atacante Romarinho ex-Fortaleza.

 

Patrocinense:

Subiu de divisão e quer se manter, na realidade por incrível que pareça deve se manter, os destaques são: O lateral-esquerdo Danilo Tarracha ex-Vitória, o zagueiro Diego Borges ex-URT-MG, o volante Bruno Moreno ex-CRB, o meia Mário César ex-Guarani e o atacante Rychelly ex-Goiás.

 

Tombense:

Um time blasé (meio cá e meio lá) sem grandes aspirações apesar de estar na Série C do Brasileiro, os principais nomes são: O goleiro Darley ex-Criciúma, o lateral-esquerdo Adriano Garça ex-Juventude, o zagueiro Anderson ex-Ceará, o volante Cássio Ortega ex-Salgueiro, o meia Luiz Fernando ex-CRB e o atacante Junior Negão ex-Belenenses (Portugal). O técnico é Ramon Menezes.

 

Tupi:

Muito parecido com o time analisado anterior, apesar de possuir nomes melhores, o elenco é de menos nível da Tombense, os principais atletas são: O goleiro Ricardo Vilar ex-Metropolitano-SC, o zagueiro Artur Sanches ex-Flamengo, o volante Francesco ex-Grêmio Barueri, o meia Marcel ex-Botafogo-PB e o atacante Renato Kayser ex-Vasco.

 

Uberlândia:

O candidato a azarão no campeonato, um time competitivo e que poderá chegar a semifinal do estadual e ir longe na Série D, os destaques são: O goleiro Felipe ex-Flamengo, o lateral-esquerdo Rogério ex-Portuguesa, o zagueiro Ferron ex-Criciúma, o volante Leandro ex-Remo, o meia argentino Leandro Chaparro ex-Vasco da Gama e o atacante Alfredo ex-Paysandu.

 

URT:

Mais um candidato a surpresa no estadual, o time de Patos de Minas montou um elenco bom para as disputas, principalmente da Série D, os destaques são: O goleiro Carlão ex-Ypiranga-RS, o lateral-esquerdo Dudu Paraíba ex-Apollon Limassol (Chipre), o zagueiro Dão ex-América-RN, o volante Diogo Orlando ex-Avaí, o meia Jean Carioca ex-Botafogo e o atacante Macena ex-Ceará.

 

Villa Nova:

Nos últimos anos, a equipe de Nova Lima investiu demais, agora o elenco ficou limitado e o objetivo é se manter na primeira divisão, os principais nomes são: O zagueiro Otávio ex-América-MG, o meia Paulo Vitor ex-Vila Nova e o atacante Daniel Moraes ex-Paraná.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.