Os estaduais na Região Centro-Oeste

Hoje (15/01) entramos na fase final das análises dos estaduais, agora é vez da Região Centro-Oeste e seus estados do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

 

Campeonato Brasiliense:

O estadual tem doze equipes, que disputam onze partidas para definir os 8 times que disputam as quartas-de-final, o restante é definido em jogos mata-mata.

 

Bolamense:

Candidato ao rebaixamento, o destaque é o meia Willian Amendoim ex-Olaria-RJ.

 

Brasiliense:

O favorito ao título do estado, montou um elenco com muitas caras conhecidas, além da vaga na Série D que facilitou o aporte financeiro, os destaques são: O goleiro Bruno Fuso ex-Ponte Preta, o lateral-direito Cicinho (foto) ex-Real Madrid, o zagueiro Preto Costa ex-Guarani, o volante Radamés ex-Boa Esporte, o meia Souza ex-Ceará e o atacante Reinaldo ex-Flamengo.

Foto: Daniel Borges/GloboEsporte.

 

Ceilândia:

Apesar da vaga na Série D, a aposta foi baixa e a expectativa é de chegar a uma semifinal com jogadores conhecidos na região, os principais nomes são: O zagueiro Cauê ex-Luziânia-DF, o volante Didão ex-Brasiliense, o meia Kabrine ex-Gama e o atacante Vavá ex-Potiguar-RN.

 

Formosa:

Mais uma equipe sem grandes nomes, o destaque vai para o meia Nildo ex-Jataiense-GO.

 

Gama:

O time quer a vaga na Série D 2018 e por isso montou um elenco bom para os padrões do Distrito Federal, mas com muitas deficiências, os destaques são: O zagueiro Lúcio (foto) ex-Inter de Milão, o lateral-direito Murilo ex-Remo, o volante Robston ex-Vila Nova, o meia Almir Dias ex-São Bento e o atacante Fábio Saci ex-Inter de Santa Maria-RS.

Foto: SE Gama.

 

Luziânia:

O time de Goiás que disputa os torneios brasilienses parece que a fonte esgotou, mas a briga pelo rebaixamento não deve acontecer, o principal nome é o volante Moisés ex-Horizonte.

 

Paracatu:

O meio da tabela é o essencial e importante para o clube que reside em Minas Gerais, o meia Alisson ex-Caxias-RS é o destaque.

 

Paranoá:

Outro candidato ao descenso no estadual, o destaque é o volante Agenor ex-São Caetano.

 

Real:

Candidato a vaga na Série D, com um bom plantel dentro de suas limitações, os principais nomes são: O goleiro Rafael Dida ex-Campinense, o lateral-direito Dedê ex-Brasiliense, o volante Baiano ex-Palmeiras e o meia Héverton ex-Portuguesa.

 

Samambaia:

Por incrível que pareça existe um time com esse nome que disputa uma primeira divisão estadual, a equipe trouxe dois jogadores um tempo parado ao retorno, o zagueiro Márcio ex-Exeter City (Inglaterra) e o meia Tiago Neiva ex-Bahia.

 

Santa Maria:

Cotado ao descenso, o principal nome é o zagueiro Diego Alemão ex-Paraná.

 

Sobradinho:

No nível fraco que apresenta os times do interior candango, a equipe aparece como possível destaque a azarão no campeonato, o meia Everton Cézar ex-América-RN e o atacante Michel Platini ex-CSKA Sofia (Bulgária) são os destaques.

 

Campeonato Goiano:

Modelo diferente da maioria dos estaduais, são 10 equipes e quinze partidas que definem os semifinalistas, ou seja, os dois primeiros de cada grupo (são dois).

 

Anapolina:

A vaga na Série D vai ser interessante iniciando por esse clube que investiu bem, os destaques são: O goleiro Rodrigo Calaça ex-Goiás, o lateral-direito naturalizado timorense Diogo Rangel ex-São Caetano, o zagueiro Guilherme Garutti ex-Guarani, o volante Milton Junior ex-Red Bull Brasil, o meia Esquerdinha ex-Náutico e o atacante Pedro Oldoni ex-Atlético Paranaense. O técnico é Vilson Tadei.

 

Anápolis:

O nível do campeonato é difícil e a equipe ficou para trás e a briga pelo rebaixamento é uma realidade, os principais nomes são: O lateral-direito Neílson ex-Ponte Preta, o meia Keninha ex-Aparecidense-GO e o atacante Schwenck ex-Figueirense.

 

Aparecidense:

Sempre aparece como azarão no campeonato, a vaga na Série D ajuda no status do time perante os adversários, os destaques são: O goleiro Busatto ex-Náutico, o lateral-direito Rafael Cruz ex-Botafogo-PB, o zagueiro Thiago Carvalho ex-Ceará, o volante Lusmar ex-Goiás, o meia Cristian ex-Paraná e o atacante Nonato ex-Bahia.

Leitura: Entrevista com o goleiro Gustavo Busatto, do Náutico

 

Atlético Goianiense:

Montou um elenco jovem e com aspirações de retomar o título goiano, porém a tarefa não será fácil, pois enfrentará um time com melhor disposição, os destaques são: O goleiro Kléver (foto), o lateral-esquerdo Bruno Santos, o zagueiro William Alves, o volante Rodrigo, o meia Tomás Bastos e o atacante Tito.

Leitura: Entrevista com o atacante Tito, do Atlético Goianiense

Foto: Atlético Goianiense.

 

Goiás:

Disparado o melhor elenco do estado, porém apesar de favorito, nada garante o título, por isso todo cuidado é pouco, os destaques são: O goleiro Marcelo Rangel, o lateral-esquerdo Fábio Sanches, o zagueiro Eduardo Brock, o volante Pedro Bambu, o meia Giovanni e o atacante Lucão. O treinador é Hélio dos Anjos.

Leitura: Entrevista com o volante Pedro Bambu

 

Grêmio Anápolis:

O destaque do time candidato ao rebaixamento é o atacante Assuério ex-Goiás.

 

Iporá:

Se manter na divisão especial é a meta, mesmo com a vaga na Série D desse ano, os principais nomes são: O meia Elias ex-Atlético Goianiense e o atacante Célio Codó ex-River-PI.

 

Itumbiara:

Candidato a novamente ser azarão no estadual, um time com suas limitações, mas bem interessante no papel, os principais nomes são: O goleiro Weverton ex-Atlético-GO, o lateral-direito Alex Travassos ex-Santa Cruz, o zagueiro Léo Fortunato ex-ABC, o volante naturalizado equato-guineense Neto ex-Santa Rita-AL, o meia Ronny ex-Palmeiras e o atacante Erico Junior ex-Sport.

Leitura: Entrevista com o zagueiro Léo Fortunato, do ABC

 

Rio Verde:

Em 2017 investiu bem, esse ano nem tanto por isso a ameaça de rebaixamento, os destaques são: O meia Dinei ex-Anapolina e o atacante Jean ex-Flamengo.

 

Vila Nova:

Para quem esperava um melhor suporte do lado vilanovense, se frustou, pois montaram um elenco a custo baixo, mesmo assim a ideia é ser campeão goiano, apesar de difícil, os principais nomes: O goleiro Matheus Kayser, o lateral-direito Léo Rodrigues, o zagueiro Diego Giaretta, o volante Geovane (foto), o meia Matheus Anderson e o atacante Ramon. O técnico é Hemerson Maria.

Leitura: Entrevista com volante Geovane Faria

Foto: Assessoria Vila Nova.

 

Campeonato Mato-Grossense:

O campeonato tem formato simples, são 10 equipes em 9 partidas decidem os clubes que vão para as quartas-de-final do campeonato, o restante é confronto mata-mata.

 

Ação:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Araguaia:

Não temos informações sobre o elenco.

 

CEOV Operário:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Cuiabá:

É a prova que é um estadual sem tanta força, o segundo melhor elenco do MT não faria tanta graça se fosse na Série C, os destaques são: O zagueiro Marcelo Xavier ex-Botafogo-PB, o volante Doda ex-Fortaleza, o meia Hiltinho ex-Sampaio Corrêa e o atacante Adagilso Pitbull (foto) ex-Criciúma. O técnico é Itamar Schulle.

Leitura: Entrevista com o meia Hiltinho, do Paysandu.

Foto: Assessoria Cuiabá.

 

Dom Bosco:

Candidato a azarão, time organizado dentro de suas limitações e que busca fazer uma boa Série D no segundo semestre, os principais nomes são: O zagueiro André Morosini ex-Flamengo-PI e o atacante Geilson ex-Santos.

 

Luverdense:

O maior de Mato Grosso até o momento caiu para a Série C do Brasileiro, então a disputa está equiparada, se levar em consideração deve ser o estadual mais equilibrado entre os favoritos, os principais nomes são: O goleiro Diogo Silva (foto) ex-Vasco, o lateral-esquerdo Paulinho ex-Novo Hamburgo, o volante Diego Lorenzi ex-Sampaio Corrêa, o meia Rubinho ex-Paraná e o atacante Pimentinha ex-Remo.

Foto: Olímpio Vasconcelos.

 

Mixto:

O maior campeão estadual e o mais tradicional está numa situação complicada e sem recursos não apresenta grandes reforços.

 

Poconé:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Sinop:

Apesar da vaga na Série D, pouco investiu o meia Kattê ex-Ceará é o principal nome.

 

União Rondonópolis:

A vaga na Série D é a busca e pode perfeitamente conseguir, pois enfrenta pouca concorrência qualificada, o atacante John César ex-Paysandu é o destaque.

 

Campeonato Sul-Mato-Grossense:

São 10 clubes e 10 rodadas em cada um dos dois grupos para decidir quem vai para as quartas-de-final (os 4 melhores de cada grupo), depois disso confrontos mata-mata.

 

7 de Setembro:

O principal nome é o atacante Keverson ex-Olímpia-SP.

 

Águia Negra:

O destaque vai para o treinador Elói Kruger.

 

Comercial:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Corumbaense:

O favorito ao título, principalmente por ter um passaporte Série D com destaques para: O goleiro Carlos Lulio ex-Palmeiras B, o lateral-direito Eduardo Arroz (foto) ex-Santa Cruz, o zagueiro Augusto ex-ASA e o atacante Fagner ex-Atlético Paranaense.

Foto: Corumbaense-MS.

 

Costa Rica:

Destaque para o meia Carlos Vitor ex-Desportiva-ES.

 

Naviraiense:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Novoperário:

O campeão atual tem como destaque o goleiro Renan ex-Comercial-MS.

 

Operário:

O time de Campo Grande voltou e com surpresas, pois quer ser campeão novamente, os destaques são: O zagueiro André Paulino ex-Madureira, o volante Rodrigo Arroz ex-Sampaio Corrêa e o atacante Rodrigo Gral (foto) ex-Chapecoense.

Foto: Operário-MS.

 

União:

Não temos informações sobre o elenco.

 

URSO Mundo Novo:

Não temos informações sobre o elenco.

 

Deixe seu comentário:

Jean Lucas

Criador do site Mercado do Futebol, jornalista em busca de aprimorar-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.