Mercado do Futebol

Camilo não é mais jogador do Botafogo

Marcelo Theobald / Agência O Globo

Meia se despediu dos companheiros ontem durante treino do Botafogo. O destino é o Internacional, ele vai por empréstimo para Porto Alegre.

A relação entre Camilo e o Botafogo nos últimos dias não era a melhor possível. Cobrança da torcida por bons resultados e principalmente o espaço perdido no time. O Botafogo levou o meia a um novo patamar, ele era comentado pela mídia, tinha o carinho e apoio da torcida, e a troca era justa, o jogador ajudou o clube em sua classificação para a Libertadores.

Foto: Reprodução

Agora, Camilo trocou o Rio de Janeiro pelo Rio Grande do Sul, a Libertadores pela série B e o sentimento de ambas as partes parece ser de gratidão. Os motivos para essa saída repentina são conhecidos por todos e não são poucos.

Em 2017, o jogador caiu de produção e precisou ficar no banco de reservas, isso porque é assim que Jair Ventura encaminha seus trabalhos no Botafogo, é a tal da meritocracia. Se o jogador que ocupa determinada posição não está bem em campo, será substituído. Este ano, marcou apenas um gol e suas atuações estavam longe de serem regulares. E para piorar, problemas internos entre o técnico e Camilo estremeceram a relação extracampo e até mesmo sua titularidade. O meia reconhece que não vivia seu melhor momento, mas ainda assim, considera esta uma saída precoce.

Abalado, “com um sentimento de querer chorar”, deixou o Botafogo nesta terça-feira (18), foram 14 meses, 58 jogos e 7 gols. Ele foi ao treino apenas para se despedir do grupo e acertar os últimos detalhes da rescisão e viajar à Porto Alegre.

Foto: globoesporte.com

– É um sentimento de tristeza, um sentimento de querer chorar. Mas a vida continua. Vida de jogador de futebol é muito dinâmica. Tudo acontece muito rápido. Mas saio feliz pelo clube estar bem – comentou Camilo.

Camilo em entrevista, comentou ainda sobre a aposentadoria de Montillo. O meia afirmou que a decisão do companheiro mexeu com ele. “ Teve um peso muito grande a aposentadoria. Senti muita sinceridade nele, é um cara que buscou de todas as formas fazer seu trabalho para ajudar o Botafogo.”

 

@lopesdgabs

 

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.