Mercado do Futebol

Fifa suspende Paolo Guerrero por um ano

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (8), a suspensão de um ano de Paolo Guerrero. O atacante peruano foi flagrado no exame antidoping na partida contra a seleção Argentina, no dia 5 de outubro, em Buenos Aires, no empate em 0 a 0, entre as seleções. No exame feito no atacante, foi encontrado metabólito de cocaína.

Previamente, Guerrero foi suspenso por 30 dias, até o julgamento, que ocorreu no dia 30 de novembro. Após o julgamento, o atacante se mostrava confiante na absolvição, já que ficou evidente que ele não havia feito uso da droga. Confira na íntegra, o comunicado da Fifa:

‘Em 7 de dezembro de 2017, o Comitê Disciplinar da FIFA decidiu, depois de analisar todas as circunstâncias específicas do caso, suspender o jogador internacional peruano Paolo Guerrero por um ano. O jogador testou positivo para o metabólito de cocaína, a benzoilecgonina, uma substância inclusa na Lista de Proibições de 2017 da WADA sob a classe “S6 – Estimulantes”, após um teste de controle de doping realizado após o confronto da competição preliminar da Copa do Mundo de 2018, em Buenos Aires, contra a Argentina, dia 5 de outubro de 2017. 

Ao testar positivo para uma substância proibida, o jogador violou o artigo 6 do Regulamento Antidopagem da FIFA e, como tal, violou o artigo 63 do Código Disciplinar da FIFA. 

O período de suspensão começa dia 3 de novembro de 2017, data em que o jogador foi suspenso provisoriamente pelo presidente do Comitê Disciplinar da FIFA. Em conformidade com o artigo 29 do Regulamento antidopagem da FIFA, a suspensão abrange, entre outros, todos os tipos de correspondências, incluindo jogos nacionais, internacionais, amistosos e oficiais. As partes da decisão foram devidamente notificados hoje.’

Com a punição, Paolo ficará fora da Copa do Mundo, que era o sonho do jogador, que ajudou o Peru a se classificar para o mundial, após 35 anos.

Pelo Flamengo, Guerrero, que é artilheiro do time na temporada, com 20 gols, não atua desde o dia 20 de outubro, na goleada por 4 a 1 sobre o Bahia, na Ilha do Urubu. Através de seu advogado, Bichara Neto, Guerrero se manifestou com um comunicado. Confira:

“Guerrero e sua defesa receberam com extrema surpresa e decepção o resultado publicado pela FIFA punindo o atleta com 1 ano de suspensão mesmo reconhecendo que o jogador não faz uso de cocaína. As provas são contundentes e somadas à baixíssima concentração do metabólito comum à folha de coca não justificam em nenhuma hipótese essa decisão. Vamos recorrer até a última instância em busca de justiça e em prol do Jogo Limpo e do Esporte Justo.”

Agora, o Flamengo irá buscar uma saída para o caso do jogador, já que  o atacante não poderá jogar mais pelo clube, pois seu  contrato termina no dia 10 de agosto.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.