Mercado do Futebol

Rueda se diz confiante com o titulo da Copa Sul-Americana

O Flamengo enfrentou nesta quarta-feira (06), o Independiente da Argentina pela primeira partida da final da Copa Sul-americana na Argentina, o Flamengo saiu derrotado por 2 a 1 depois de estar vencendo o jogo com gol do zagueiro Réver. Com a derrota na primeira partida da final, o técnico Reinaldo Rueda falou um pouco sobre o jogo. Segundo Rueda, o time foi pouco eficiente no ataque, o treinador do Flamengo disse que ainda acredita que o Flamengo irá reverter o resultado no Maracanã, para Reinaldo Rueda o Flamengo precisará fazer um jogo mais intenso do que o primeiro jogo.

– Temos que igualar a intensidade deles, com ordem. Creio que não vai mudar do que fizemos hoje. Temos que melhorar a contundência e a eficácia nos últimos 20 metros. Temos que sair em busca do jogo em função do placar adverso. Com agressividade ofensiva, mas tem que ter precauções, porque eles têm bom contra-ataque. Vai ser um jogo muito parecido com o de hoje- disse Rueda.

Sobre a alta quantidade de jogos durante o ano, o treinador comentou.

– Já se sabe da quantidade de jogos que temos. São 84 jogos. Creio que o plantel tem suportado bem, chegou ao final do ano sem lesões consideráveis. Com esforço, viagens e torneios que disputou, creio que o plantel está em ótimas condições físicas. Mostrou isso contra um rival muito intenso. Só quem voltava de lesão é Everton, talvez por isso não foi titular. disse Rueda.

Sobre a substituição do meia Diego, Reinaldo Rueda também explicou:

“Vocês sabem que o Independiente não jogou no último fim de semana, fizemos dobro do esforço na Bahia. A intensidade do Independiente está a 500%. Tirei Diego por causa do amarelo. Foi pensando no outro jogo”.

Reinaldo Rueda também substituiu o meia Lucas Paquetá, e quando foi perguntado o porquê da substituição do menino o técnico colombiano respondeu.

“Jogo muito tenso, teria que trabalhar o jogo, mas não perder a ordem. Pensei com Trauco e Everton nessa posição, depois quando entrou Vinicius. Era buscar mais potência no ataque. Everton vem de lesão de muito tempo parado, por isso tinha que jogar em sua posição”.

O técnico colombiano também disse sobre o estilo de jogo do time argentino.

“Independiente é um time muito coletivo e com muito desequilíbrio. Penso que fomos muito passivos na marcação, evitando faltas perto da área. Mas isso talvez permitiu a opção de desequilíbrio. Queríamos fazer o segundo gol e acabamos propiciando o contra-ataque”.

O técnico do Flamengo também foi perguntado sobre as ausências de Diego Alves e Paolo Guerrero e respondeu dizendo.

“Vocês sabem que temos duas ausências grandíssimas: Diego Alves e Guerrero, um goleador. Tivemos essas baixas sensíveis, e naturalmente se sente, ainda mais por sua experiência. Paolo tem sua cota de gols, incomoda os rivais a capacidade de segurar a bola, dar respiro aos volantes. Creio que é determinante a falta dele”.

O Flamengo terá agora uma semana para descansar e trabalhar, o segundo jogo da final será no dia 13, no Maracanã, Reinaldo Rueda está confiante com a possivel reversão do resultado e com o titulo da Copa Sul-americana.

 

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.