Entrevista com o atacante Robinho Barbosa, do Santa Cruz

Revelado pelo Ceará, Robinho Barbosa, de 23 anos, com passagem pelo Ceará, Itapipoca/CE, Confiança/SE, Novo Hamburgo/RS, Cuiabá/MT e, atualmente, está no Santa Cruz. O atacante, concedeu uma entrevista para o Mercado do Futebol, confira.

 

“Com certeza os resultados virão, é só começo de temporada. E agora eu sou Santa Cruz, pra cima cobra coral”, Robinho.

 

Como surgiu essa vontade de ser jogador?

-Desde criança sempre sonhava em ser jogador de futebol, e desde pequeno jogo futebol. Então sou grato a Deus por hoje ser um atleta profissional.

 

Foto: Cearasc.com/Divulgação

Quando foi seu primeiro jogo profissional? Qual foi a sensação?

  • Dia 19 de abril de 2014, minha estreia como Profissional, Série B. Ceará x Oeste. De titular. Foi inesquecível, sensação única.

 

Como foi sua jornada no Ceará? Você era uma das grandes promessas da base. Acha que vai conseguir ser uma realidade para a torcida alvinegra?

  • Minha jornada foi muito boa, sou muito grato ao Ceará por todas as oportunidades, eu sei que um dia serei mais que reconhecido pela torcida do Vozão. Para alguns da torcida eu já sou uma realidade.

 

Como está sendo a experiência no Santa Cruz? O que você espera dessa jornada no Santa para aperfeiçoamento pessoal e profissional?

  • Está sendo uma experiência ótima, fui bem recebido por todos. Eu aceitei esse desafio porque eu sei que esse ano vamos conquistar muitas coisas juntos aqui nesse clube, onde tem uma torcida de massa, torcida maravilhosa. Eu espero fazer história nesse clube esse ano e colocar o Santa Cruz no lugar onde ele merece, estar junto com todos os meus companheiros.

 

Nos 3 primeiros jogos, com sua participação, o Santa Cruz empatou duas e perdeu uma. O que acha que falta para o Santa vencer?

  • Na minha opinião, o que está faltando mesmo pra nós é só o resultado positivo, estamos dando o nosso melhor. Vamos trabalhar cada vez mais pra que está primeira vitória possas vir, para podemos crescer mais ainda nas competições.

 

Foto: Tiago Caldas/Twitter Santa Cruz F.C.

 

Como foi a passagem pelo Confiança, Cuiabá e Novo Hamburgo-RS? Por suas passagens pelo time sergipano e mato-grossense, você se acha experiente na série C? Como é a estrutura e a torcida de ambas? Conte-nos um pouco sobre seu gol contra o Inter na época de Novo Hamburgo.

  • Minha passagem pelo Confiança foi ótima, eu fui titular a série C toda, então me acho sim experiente pra essa competição. Em 2015 pedi o acesso pro Londrina. No Novo Hamburgo a experiência foi muito boa também, jogar o campeonato gaúcho foi muito bom. Disputado, competitividade demais. E minha passagem pelo Cuiabá, ano passado, foi ótimo. O primeiro semestre fui campeão mato-grossense jogando todos os jogos. Estruturas muitos boas, condições de treino também, em geral tudo foi bacana. Foi inesquecível aquele meu gol contra o Inter.

 

Quais seus anseios e projetos para o futuro? O que não conseguiu e ainda pretende conquistar durante sua carreira? Tens vontade de sair do futebol brasileiro para o exterior? Tem preferência de Ásia ou Europa? Conte-nos um pouco.

  • Ah, quero poder um dia jogar no grande clube do futebol brasileiro, jogar uma série A. Todo jogador tem vontade de jogar fora do Brasil. Eu quero ir pra Europa onde tem os melhores jogadores do mundo. Pretendo arrebentar aqui no Santa Cruz para voltar pro Ceará e jogar a série A ou então outro grande clube do Futebol Brasileiro. Ainda tenho contrato com o Ceará até 2019. Mas, foco total no Santa Cruz.

 

Como está sendo sua experiência no mais querido? Deixe uma mensagem para os torcedores.

  • Está sendo uma experiência maravilhosa, eu só peço que a torcida nos apoie do começo ao fim. Que garanto que nós daremos o nosso melhor dentro de campo, e com certeza os resultados virão, é só começo de temporada. E agora eu sou Santa Cruz, pra cima cobra coral!

 

 

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.