Baú do Galo: Libertadores 2013, o sonho conquistado!

Era um sonho, afinal era mais de 40 anos sem títulos importantes, 42 pra ser exato. Nós atleticanos sabíamos que não seria fácil, e hoje vemos o quanto valeu a pena ter vivido a libertadores de 2013!

Tudo começou no primeiro jogo contra o São Paulo, no placar de 2 a 1  na casa do adversário, gols de Ronaldinho e Tardelli. O tricolor teria que fazer dois gols de diferença ou 2 a 1 para a disputa nos pênaltis mas não foi isso que aconteceu e o Galo em casa venceu de 4 a 1 com três gols de Jô e o outro de Tardelli.

Segundo jogo foi contra o Tijuana, que ficou no placar de 2 a 2 na casa do time do México, o jogador Bernard que foi um dos principais jogadores do Atlético em 2013 não entrou no segundo tempo por causa de dores na coxa e foi substituído  pelo Luan que acreditou e fez o gol aos 46 minutos do segundo tempo, calando a torcida mexicana, o outro gol foi marcado por Tardelli. As coisas começaram a ficar mais tensas para o clube minero no jogo dentro de casa, que ficou 1 a 1 com o gol de Rever, porem aos 47 minutos do segundo tempo Leo Silva comete falta na Área e o juiz marca pênalti, naquele momento parecia que tudo estava perdido, parecia que o sonho que mal tinha começado tinha acabado ali, até Victor com sua perna esquerda defender o chute de Riascos e levar a classificação sofrida para o time.

                                                            

O terceiro  jogo foi contra o Newell´s Old Boys, ali já estávamos bem perto do Titulo se não fosse o time da Argentina  que em casa fez dois gols e deixou o placar de 2 x 0, mais uma vez a historia iria se repetir, mas isso não fez com que dessistissimos ainda restava o jogo dentro de casa, íamos contar com o apoio da imensa torcida atleticana, não estava tudo perdido, conseguimos fazer dois gols com Guilherme e Bernard e a decisão da classificação veio nos pênaltis, com um pênalti perdido para cada lado na ultima cobrança São Victor defendeu novamente e estávamos na final do campeonato!

Ultimo e decisivo jogo, Galo enfrentou o Olimpia, o resultado do  jogo de ida não foi gratificante, ficou 2 a 0 para o time do Paraguai, porem com todo o campeonato sabíamos que não estava perdido e que poderíamos virar novamente o placar e foi o que fizemos, 2 a 0 no placar de jogo normal, 0 a 0 no placar agregado, e 4 a 3 nos pênaltis, na ultima cobrança o jogador adversário chutou na trave e o Atlético conseguiu conquistar seu sonho e  foi campeão da Copa Libertadores da América!

                                                           

Foi sofrido, foi bonito, foi emoção, entre choros e risos, foi um dos momentos mais incríveis do Clube Atlético Mineiro!

Deixe seu comentário:

Andressa Avelar

Apaixonada por futebol e pelo Clube Atlético Mineiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.