Triste Fim de Pep Guardiola.

Nessa tarde de quarta-feira, o Manchester City foi eliminado pelo Mônaco e se despediu da Uefa Champions League. Fato que não é habitual para Pep Guardiola, foi a primeira vez que o técnico perdeu antes de chegar as semifinais. Quebrando um dos seus grandes feitos e em uma data especial, que o treinador completou 100 jogos na competição, contudo no final da partida não teve motivos para comemorações.

Sobre o jogo, o City fez um péssimo primeiro tempo, apático, sem reação, sem dar um chute sequer no alvo. E acabou sofrendo dois gols e saindo com um placar adverso no intervalo, perdendo por 2×0, placar esse, que poderia ser ainda maior, devido ao ímpeto do Mônaco na partida, a equipe fez um grande primeiro tempo, vale ressaltar. O primeiro gol foi marcado pelo ótimo jogador e promissor Mbappe, e o segundo pelo brasileiro Fabinho.

No segundo tempo, o City teve outra postura, foi para cima, empilhou várias chances. Sterling com a sua grande deficiência de concluir na cara do gol, perdeu a chance ao tentar dar um passe para o Aguero que foi cortado por Raggi, o próprio Aguero teve chance de marcar três vezes, mas foi Sané aos 25 minutos que achou as redes. O gol naquele momento, era o da classificação, contudo não deu muito tempo para comemorar, porque 6 minutos depois, em uma falta de Lemar levantada para área do City, o volante frânces  Barakoyo, empurrou de cabeça para o gol, aproveitando a falha de Kolarov e marcou o gol da classificação sobre o time de Pep Guardiola, que não teve mais reação.

O que já era de se esperar, se comprovou. City e Mônaco foi um grande duelo, com duas partidas super movimentadas, bem jogadas, cheia de gols e com muita emoção. O City no jogo de volta, pagou pelo primeiro tempo que fez e por ter uma defesa tão frágil, tão limitada que comete muitos erros. Portanto, é difícil dizer que o time poderia ter chance em um torneio como esse, com tantas falhas e deficiências na defesa. Há muito o que melhorar, e dentre essa melhora, buscar um goleiro é algo emergencial, uma das claras carências no elenco.

Agora, acabou a UCL para Guardiola. Chance real de título na temporada, só restou a Copa Da Inglaterra em que o time está na semifinal. A equipe volta a jogar  pelo campeonato inglês no final de semana, o adversário vai ser o Liverpool no Etihad.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: