Entrevista com o jornalista Alê Oliveira, da ESPN.

Sempre existe alguém para poder tentar fazer algo diferente em algum meio. Alguns se frustram, outros não são notados nesse diferencial e alguns obtém grande êxito. Esse último foi o caso do nosso entrevistado de hoje: Alê Oliveira. Comentarista da emissora ESPN Brasil, vem tendo destaque pela forma bem-humorada de participação nos programas, mas como todo diferencial ele vem tendo algumas dificuldades como um pequeno problema com um jogador atual da seleção brasileira. Mas vamos deixar o nosso convidado falar também.

Créditos: Agradecemos ao colunista do Flamengo, Maikon Gonçalves, por conseguir a entrevista com o jornalista Alexandre Oliveira, todo o conteúdo produzido na entrevista, exceto as respostas, foi criado por ele, muito obrigado.


Mercado do Futebol: Seja Bem-Vindo Alê, vamos tentar ser o mais informal possível nessa entrevista, assim como você é. Pra começar gostaríamos que se apresentasse ao pessoal que acompanha o Mercado do Futebol.

Alê Oliveira: Tenho 42 anos, fui atleta profissional de futsal e joguei futebol na base do Palmeiras até os 16 anos. Depois fui treinador de algumas Faculdades [Med Sto Amaro, Direito da USP, FGV, FAAP, UNIP], Hebraica Clube, Sel Pta do Ministério Público, Sel Pta Universitária, entre outros. Comecei meu trabalho na ESPN no ano 2000, trabalhando somente com o Futsal. Comecei a Fazer Futebol na ESPN no ano de 2008, comentando a Copa São Paulo de juniores. Em 2010 comecei a fazer os Programas, como Bate Bola.

622_815301aa-35ea-34bc-97c8-9c381f919bd8
Mercado do Futebol: Alê, você sempre tentou ser bem-humorado nos programas, ou buscou um diferencial para poder obter destaque?

Alê Oliveira: O bom humor e alegria me acompanham sempre, é minha forma de ver a vida. Esse é meu comportamento na vida, não só no ar, eu tento ser simpático para quem está me assistindo.

Mercado do Futebol: E como anda o programa Fala Sério?

Alê Oliveira: O Fala Sério está na Edição 132, e já teve alguns apresentadores. Mas vive seu melhor momento com o Repórter Edu Menezes.

Rdw8Buos
Mercado do Futebol: Pesquisei, não encontrei. E também não lembro em você falando abertamente, seu clube de coração é o Palmeiras?

Alê Oliveira: Nunca declarei meu Clube de Coração. Não sou fanático. Aprendi a amar os Times que Comandei.

Mercado do Futebol: Esse seu jeito bem-humorado, já levou você ter uma pequena crítica do atacante Hulk. Isso já aconteceu com algum outro atleta ou jornalistas? E por esse motivo você já pensou em mudar sua postura?

Alê Oliveira: Nunca pensei em mudar minha postura, pois sou assim na minha vida. Claro que nem todos gostam, muitos acham que sabe mais quem fala com a cara fechada. Tem gosto pra tudo, né ?!

0_4ac19c47-02d7-366a-a129-6827b047fe15

Mercado do Futebol: Alê agradecemos a sua disponibilidade, atenção e prontidão para nos atender. Que você continue com essa forma irreverente pra levar um pouco mais de alegria ao povo brasileiro. Aqui no MF temos vários colunistas que estão escrevendo aqui por amor ao seu clube e ao futebol, meu último pedido é que deixe um recado pra esses colunistas.

Alê Oliveira: Quero agradecer o carinho de todos, principalmente ao Maikon, que sempre foi muito generoso comigo. Que vocês continuem trilhando esse caminho e fazendo esse trabalho com amor e com alegria. ”Tamo mais juntos do que irmãs siamesas”. Abraços, Alê.

“Se alguém faz cara feia não significa que ele sabe mais do que aquele que está sorrindo” Alê Oliveira

0_8dc9f1f5-9bc1-3116-bc5c-94022f4b40d8

Deixe seu comentário:

Jean Lucas

Criador do site Mercado do Futebol, jornalista em busca de aprimorar-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.