Mercado do Futebol

JÁ VIROU ROTINA! Santa Cruz vence o Sport e faz festa na “Casa de Festejos”

O sábado (29) de clássico, na conhecida casa de festejos do Santa Cruz, vulgo Ilha do Retiro. O tricolor foi coroado com uma vitória gigante e importantíssima na semifinal da Copa do Nordeste. Depois de tanta cobrança e desconfiança da torcida(que não foi motivo para que uma festa linda fosse feita pelos tricolores), o Mais Querido soube se reerguer e mostrou em campo toda garra, maestria e responsabilidade em um jogo tão decisivo para nós. Com gols de Léo Costa e Hallef Pitbull, o Mais Querido tem a vantagem de jogar por ualquer empate e podem até perder por 1 a 0 para ir à final do regional.  A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (3), às 21h30, no estádio do Arruda.

O JOGO – Atmosfera diferente com as duas maiores torcidas do estado frente a frente.  O primeiro tempo do Clássico das Multidões foi eletrizante, aberto e lá e cá. Os jogadores tricolores e rubro-negros usaram a disposição de sobra para atacar. O Santa saiu na frente, mas não teve tempo de comemorar o gol. Minutos depois, o time da casa empatou o jogo e o placar de 1 a 1 na etapa inicial acabou sendo justo.

Muita pressão, drama e emoção no segundo tempo do clássico. Com mais volume de jogo e querendo a vitória a todo custo em seus domínios, o Sport Recife explorou as jogadas pelos lados do campo, mas a defesa coral, bem postada, suportou o ímpeto ofensivo do rival. A marcação consistente e a eficência no contra-ataque premiou o Santa, que desempatou a partida fazendo a Ilha explodir. A festa foi coral com o placar de 2 a 1 fora de casa.

GOLS – O Santa abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo. Léo Costa aproveitou a boa jogada de Thomás pela lado esquerdo e cabeceou a bola para o fundo das redes do goleiro Magrão. Seis minutos depois, Tiago Costa derrubou Diego Souza dentro da área e o árbitro marcou a penalidade. O meia do Sport Recife foi para a cobrança, bateu no canto direito do goleiro Jacsson e deixou tudo igual.

 

 

Momento do gol de Piitbull. Gol que deu a vitória ao Santa. (foto: Santa Cruz)

Quando o relógio marcava 31 minutos do segundo tempo, André Luís construiu uma ótima jogada, passou por três marcadores e deu um passe excelente para Halef Pitbull, que dominou a bola e finalizou no cantinho para colocar o Santa Cruz na frente no placar.
Agora, é importante manter o ritmo, a garra e os pés no chão para a tão querida classificação e, com bastante fé, o Bicampeonato.

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.