Mercado do Futebol

Nos pênaltis, leão se classifica para semi-final do Nordestão

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Emoção, sufoco, nervosismo… essas características se encaixam bem sobre a partida desse domingo (2). Sport encarou o Campinense, no jogo de volta das quartas de finais da Copa do Nordeste, na Ilha do Retiro. Onde venceu por 3 a 1 e levou a decisão para os pênaltis.

No jogo de ida, o time pernambucano perdeu por 3 a 1, no estádio do Amigão na Paraíba. Tendo o objetivo de reverter o placar no jogo de volta, em casa. Onde a torcida rubro-negra cumpriu seu papel e deixou a casa cheia.

O técnico Ney Franco, em sua segunda partida no comando rubro-negro, mudou a formação da equipe. Entrou com três volantes, ganhando o meio-campo. Além disso, teve novidades na escalação, o jovem Evandro (Lateral esquerdo) entrando como titular, na ausência de Mena que está lesionado. E Fabrício (Volante) que também veio da base do leão.

No início da partida, Sport investiu bem em suas jogadas no ataque, pressionou a equipe adversária, buscando a todo custo uma reversão do placar no jogo de ida.

Aos 4 minutos do primeiro tempo, Rogério abriu o placar com uma assistência do volante Rithely, que o deixou cara a cara com o goleiro. Aos 15 minutos, com mais uma assistência de Rithely, dessa vez para o Diego Souza, que deixou o zagueiro para trás e marcou um golaço, ampliando para o leão.

Primeiro tempo termina 2 a 0 para o mandante da casa, resultado que classificaria o leão; Convencendo a torcida leonina com um futebol de qualidade e digno de uma decisão.

Na volta para o segundo tempo, o Campinense marcou e diminuiu, tirando a classificação do Sport. Sport sentiu o gol sofrido, mas logo reagiu, aos 15 minutos, num chute de André, a bola subiu e novamente o Diego Souza mostra-se de grande importância no elenco, aproveitou a jogada e mandou uma linda bicicleta para fazer o terceiro gol do Sport. Trazendo novamente esperança à torcida. Com o resultado de 3 a 1, a decisão foi levada para os pênaltis.

Sport marcou em todas as cobranças, sendo elas de Ronaldo Alves, Everton Felipe, Lenis e Fabrício. Não foi preciso da quinta cobrança, que seria do camisa 87, Diego Souza. A equipe paraibana errou duas cobranças (sendo uma delas defendida por Magrão e outra com um chute para fora), e então foi desclassificada.

Sport terá que enfrentar o Santa Cruz na semi-final da Copa do Nordeste.

 

Deixe seu comentário:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.